As atrações de Aveiro, a Veneza Portuguesa


Portugal também tem a sua Veneza: é Aveiro, com seus canais e barcos coloridos que lembram as gôndolas venezianas. Mas as atrações de Aveiro, cidade simpática e com cara de cartão postal perto de Porto e Coimbra, vão além do clichê e incluem o melhor patrimônio de Art Nouveau de Portugal, as antigas salinas, uma gastronomia renomada e um litoral de tirar o fôlego.

Foi por essas e outras que, apesar do roteiro apertado da minha última viagem em Portugal, não tive dúvidas e dei um jeitinho de encaixa-la. Bom…tive que sacrificar um dia em Porto (até parece uma heresia) mas sem arrependimento porque na minha opinião Aveiro é uma das cidades mais bonitas de Portugal.

atrações de Aveiro

Aveiro: barcos moliceiros, canais e art nouveau


Sobre Aveiro

Localizada a 70 km de Porto e a 60 km de Coimbra, é quase uma parada obrigatória ou um bate-volta, principalmente no verão, quando o clima é ideal para uma esticadinha até a belíssima Costa Nova e as praias das redondezas.

A localização costeira e o grande canal de comunicação com o mar propiciaram o desenvolvimento da cidade já em meados do século XVI graças à produção de sal e à pesca de bacalhau. Depois do período de glória, Aveiro aos poucos perdeu a sua importância estratégica por causa do recuo natural da costa e do fechamento do canal. O isolamento  geográfico provocou inevitavelmente o abandono da cidade e o seu declínio econômico.

Em compensação o processo de transformação do litoral presenteou Aveiro com ilhotas e os canais da Ria de Aveiro que atravessam o centro histórico e os arredores. Ou seja, atrações turísticas que encantam milhares de visitantes todos os anos.

Sim, Aveiro lembra vagamente Veneza, mas nem precisaria desse apelido como chamariz para turistas. Simplesmente porque Aveiro é um charme e completamente diferente da maior parte das cidades portuguesas.

Além do turismo, vale ressaltar que Aveiro é um importante centro universitário, empresarial e industrial.

atrações de Aveiro

As antigas casas de Aveiro. Lembram as cores das ilhas venezianas como Burano por exemplo


As atrações de Aveiro

Como o centro histórico de Aveiro é relativamente pequeno, minha dica é montar um roteiro a pé ou de bicicleta. Isso mesmo, bicicleta. Em Aveiro tem a Buga (Bicicleta de Utilização Gratuita em Aveiro)  disponibilizada pelo município. Para retirar uma magrela, simplesmente dirija-se a um dos pontos de distribuição localizados na cidade, incluindo os terminais rodoviário e ferroviário.

O sistema funciona todos os dias da semana das 10:00 às 19:00 horas.

A Ria de Aveiro e os barcos moliceiros

A Ria de Aveiro e os barcos moliceiros são os símbolos e as principais atrações de Aveiro. A Ria é na verdade a foz do Rio Vouga e, com certeza, um dos trechos mais característicos da costa portuguesa, homenageada até por José Saramago em “Viagem a Portugal”.

Hoje em dia a ria é utilizada para os passeios a bordo dos moliceiros, antigas embarcações que serviam para a colheita de moliços, um tipo de alga usada como adubo na agricultura.

Os barcos moliceiros são lindos, decorados com pinturas coloridas e originais, mas não fiz o passeio porque prefiro passear a pé ou de bicicleta. Como nunca fiz o passeio de gôndola em Veneza, a original,  achei que não tinha sentido faze-lo em Aveiro.

Os moliceiros percorrem os quatro canais urbanos da ria, ou seja:

  • Canal Central no centro da cidade;
  • Canal do Cojo na área residencial;
  • Canal das Pirâmides na área das salinas;
  • Canal de São Roque na área dos antigos armazéns de sal.

O passeio dura aprox. de 45 minutos e custa 10 euros por pessoa. Os bilhetes podem ser comprados no cais no Jardim do Rossio, no centro da cidade.

barcos moliceiros

Os barcos moliceiros são uma das principais atrações de Aveiro


canais de Aveiro

Passeio de barco moliceiro nos canais de Aveiro


A arquitetura Art Nouveau, a arte nova de Aveiro

Conhecida como a cidade-museu da Arte Nova em Portugal, Aveiro faz parte da “Réseau Art Nouveau Network” que inclui 20 cidades como por exemplo Barcelona, Bruxelas, Glasgow, entre outras.

O movimento Arte Nova de Aveiro foi lançado no início do século XX pelos ricos emigrantes portugueses de retorno do Brasil. Os edifícios “Arte Nova” mostram interessantes elementos em ferro, principalmente nas sacadas, pedra lavrada e painéis de azulejo. O principal conjunto arquitetônico fica no centro da cidade, principalmente nas proximidades do Rossio.

Quem gosta de arquitetura (presente!) pode optar pelo percurso da Rota da Arte Nova, um passeio a pé guiado passando pelas dez obras mais importantes do centro da cidade.

O destaque vai para a maravilhosa Casa do Major Pessoa, na R. Barbosa Magalhães, n. 9, 10, 11, projetada pelos famosos Ernesto Korrodi e Silva Rocha.

A lista completa dos dez edifícios da Rota da Arte Nova de Aveiro está disponível no site oficial Turismo de Portugal. Em Ílhavo, perto de Aveiro, encontram-se mais cinco exemplos de Arte Nova.

Casa do Major Pessoa em Aveiro

Fachada da Casa do Major Pessoa no centro de Aveiro, um belíssimo exemplo de Art Nouveau portuguesa


As salinas de Aveiro

O sal é outro elemento característico de Aveiro, considerado um dos principais polos de extração de Portugal. Durante séculos as centenas de salinas instaladas no sistema lagunar da Ria de Aveiro eram uma fonte de riqueza para a cidade e a região. Apesar do declínio do setor, em Aveiro ainda há salinas em plena atividade.

A extração ocorre entre junho e setembro e pode ser vista durante as visitas guiadas ou durante o passeio de moliceiro.

O sal de Aveiro é 100% natural e não sofre nenhum processo de industrialização. Nas salinas há venda de flor de sal, um ótimo souvenir de viagem 🙂

salinas de Aveiro

As salinas de Aveiro


Os ovos moles de Aveiro

Entre as atrações de Aveiro, não poderia deixar de citar um dos marcos da pastelaria conventual portuguesa: os ovos moles de Aveiro. Feitos com ingredientes simples como gema de ovo, açúcar e folhas de hóstia e vendidos em qualquer doçaria, quiosque e restaurante de Aveiro.

Os ovos moles de Aveiro receberam certificação da União Europeia e são designados com “Indicação Geográfica Protegida”.

Se quiser experimentar um bom produto, não demasiado doce e fresquinho, procure-o nas doçarias mais renomadas da cidade, evitando as lojas de souvenir.

ovos-moles-aveiro

A marca registrada da gastronomia de Aveiro: os ovos moles


Uma esticadinha até praias de Aveiro

No verão, a minha dica é dar uma esticadinha até as praias que ficam nos arredores de Aveiro. As mais famosas e práticas são Costa Nova e Praia da Barra.

A Praia da Barra fica, a 10 km de Aveiro, no município de Ílhavo, é famosa pelo imenso areal e pelo farol, um dos maiores da Europa.

Bem perto, a poucos quilômetros, fica Costa Nova, famosa pelos palheiros, as tradicionais casinhas listadas, que ficam no calçadão às margens da Ria (não ficam na beira-mar).

O trajeto entre Aveiro e as praias pode ser feito de ônibus, carro ou bicicleta BUGA. Confira mais informações sobre os transportes urbanos e interurbanos no fim do post.

Costa Nova

As casinhas coloridas da Costa Nova. Nem parece Portugal…


Aveiro praia da Barra

A praia da Barra e o seu farol


Como chegar em Aveiro

O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional do Porto a 70 km de Aveiro. A alternativa é o Aeroporto Internacional de Lisboa, 250 km. As opções até Aveiro são trem, carro ou ônibus.

De carro, o trajeto dura 2h30 saindo de Lisboa, 50 minutos saindo de Coimbra ou Porto. A viagem de trem dura entre 2 horas (de Lisboa) e 1h (de Coimbra ou Porto).

A viagem de ônibus é mais demorada e vale a pena somente para quem está com roteiro bem tranquilo e sem pressa.

Informações úteis

Trens em Portugal | Comboios de Portugal

Link oficial de AveiroBus | Linhas urbanas e Linhas interurbanas para Costa Nova e Praia da Barra

Link oficial do Turismo da Região Centro | Turismo do Centro

estação ferroviária de Aveiro

A belíssima estação ferroviária de Aveiro



Guarde no Pinterest para ler depois

2 respostas
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Bom dia Cleide,
      Se o bate-volta for Porto ou Coimbra não fica apertado. Dá tempo. Já com Lisboa eu não aconselho.
      DE qualquer forma como você vai lá em pleno verão eu ficaria uma dia a mais para conhecer Costa Nova e as praias dos arredores (se você gostar de praia).
      Boas viagens

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *