ruas gastronômicas de Paris

As melhores ruas gastronômicas de Paris…testando


Nos últimos anos noto em muitas cidades a proliferação de ruas “especializadas” em comes e bebes. E Paris não é uma exceção. Mas, como sempre, nem tudo que reluz é ouro…Assim sendo, andei testando pessoalmente 🙂 as mais famosas ruas gastronômicas de Paris em busca de autenticidade. Confira o que passou pelo crivo e o que foi reprovado.

Rue Mouffetard (Montparnasse)

A Rue Mouffetard fica no V Arrondissement, perto do Quartier Latin,  Jardin du Luxembourg, Sorbonne e Panthéon. A rua é citada praticamente em todos os guias gastronômicos da cidade – o que nem sempre é um bom sinal.

O ambiente é agradável, bem pitoresco, principalmente a pracinha Place de la Contrescarpe, mas o conjunto tem um quê de turístico que não convenceu muito. Quando vejo poucos parisienses e muitos turistas, já fico com o pé atrás. Resumindo: vários bistrôs, brasseries, restaurantes, boulangeries, fromageries e magasins du vin… Além de várias lojinhas, boutiques, etc…

Merecem destaque alguns empórios gastronômicos como a Maison des Tartes (n. 67) e a Chocolaterie Mococha (n. 89) e o restaurante Cave La Bourgogne (n. 144).

Dizem que à noite seja muito legal, quando vira o point dos estudantes das redondezas, mas estive lá somente durante o dia.

No final da rua tem uma feirinha livre de frutas, verduras e produtos típicos. Nada de especial, na minha opinião. Em Paris vi lugares melhores para compras gourmet.

Consulte o site Mouffetard Addict para conferir a lista de todas as atividades comerciais da rua.

Curiosidade | é uma das ruas mais antigas da cidade, provavelmente projetada pelos romanos no século I.

Indicado para | quem gosta de movimento, muita escolha no mesmo lugar (tipo praça da alimentação), comida étnica e refeições rápidas.

Metrô | linha 7 – parada Place Monge.

Rue Mouffetard

Rue Mouffetard – uma ruela antiga e pitoresca, entre Montparnasse e Quartier Latin


ruas gastronômicas em Paris

Entre as boutiques gourmet de Rue Mouffetard tem Mococha, o reino do chocolate


Rue Cler (Tour Eiffel)

Uma pequena rua para pedestres no VII Arrondissement, entre o Campo de Marte e Les Invalides. É uma travessa de Rue Saint-Dominique, uma rua que gosto muito. Rue Cler é tranquila e nem tanto turística apesar de ficar pertinho da Torre Eiffel. Uma opção para um passeio descontraído e uma refeição longe dos “restaurantes para turistas” que ficam nos arredores.

Além dos muitos bistrôs, brasseries com mesinhas ao ar livre, patisseries, tem também mercadinhos e quiosques com frutas e verduras frescas, flores, vinhos e queijos. Enfim, uma amostra de Paris de verdade.

Eu escolhi uma boulangerie sem fama com mesinha do lado de fora para comer uma torta quiche e curtir o movimento dos parisienses de cá pra lá.

Curiosidade | A famosíssima loja de chá Mariage Frères  tem uma sucursal na Rue Cler.

Indicado para | quem gosta de fugir do óbvio mas sem sair muito do roteiro.

Metrô | linha 8 – parada École Militaire.

ruas gastronomicas em paris

Brasserie na Rue Cler


Rue Montorgueil (Les Halles)

Rua colorida e animada bem no centro de Paris, entre o I e II Arrondissement. Fica perto de Les Halles, onde funcionava um antigo mercado coberto, baricentro do comércio local. Nos anos 70 toda a área foi revitalizada e Les Halles foi transformado no que é hoje. Será que foi uma boa escolha?

A rua fica ao lado do famoso – mas super turístico – restaurante Au Pied du Cochon que, no entanto, fica aberto a noite inteira para matar a fome de quem chega em Paris de madrugada e está morrendo de vontade de tomar aquela sopa de cebola :).

Na rua encontram-se também o famoso restaurante L’Escargot, fundado em 1875 e a antiga confeitaria Maison Stohrer, fundada em 1730.

A rua é movimentada…enfim…gostei mais dos arredores como Rue Tiquetonne, Rue Dussoubs e Place Goldoni. São ruas mais tranquilas onde sentar para um lanche e curtir as fachadas típicas dos edifícios parisienses.

Se tiver tempo não deixe de entrar na galeria coberta Passage du Grand  Cerf, que fica bem pertinho da Place Goldoni e leva até a Rue St Denis. Ou continue até Rue du Nil, outra rua gastronômica, mas de menor porte, onde tentar um dos famosos sanduíches do Frenchie to go, lanchonete – mignon mas aconchegante – e com um ótimo cardápio para quem está com pressa.

Curiosidade | A Rue Montorgueil é um famoso quadro de Monet de 1878 exposto no Museu d’Orsay.

Indicado para | quem gosta de roteiro gastronômico mas tem pouco tempo e não quer sair do centro da cidade (e tem bom faro para evitar pegadinhas).

Metrô | linha 4 – parada Les Halles.

Rue des Martyrs (South Pigalle)

No coração de South Pigalle, ou seja o tal So-Pi, o bairro descolado – meio hipster meio BoBo – que fica na zona sul de Pigalle e está na crista da onda.  Estamos no IX Arrondissement, entre Notre-Dame-de-Lorette e Montmartre.

Aviso aos navegantes: So-Pi segue as pegadas e o exemplo de certos bairros de Londres e NY como Soho, Meatpacking District, etc. Ou seja, depois de anos de trevas e esquecimento, esses bairros procuram uma segunda chance. A gentrificação faz o serviço e deixe tudo pronto para o público hipster e BoBo. Com vantagens e desvantagens…

Mas tudo bem…até Pigalle não é mais a mesma.

O ambiente é descontraído e alegre. Estive lá num domingo de manhã e gostei muito. Mais autêntica do que Rue Montorgueil e Rue Mouffetard, meio radical chic, mas pouco turístico (por enquanto). A rua fica numa ladeirinha com ares de bairro residencial parisiense.

O esquema é o mesmo: muitos bistrôs onde sentar e jogar papo fora, boutiques alternativas, empórios gastronômicos, mercadinhos, boulangeries, etc… Interessantes a Fromager Chataignier e a loja especializada em geleias e compotas La Chambre aux Confitures.

Curiosidade | Diz a lenda que Saint Denis ou São Dionísio, o primeiro bispo de Paris, depois da sua decapitação em Montmartre durante a dominação romana, caminhou ao longo da Rue des Martyrs com a sua cabeça na mão até chegar no local onde foi enterrado, onde hoje fica a Basílica de Saint Denis.

Indicado para | quem não tem medo de sair do circuitão parisiense clássico e gosta de explorar áreas urbanas in progress.

Metrô | linhas 2 e 12 – parada  Pigalle.

Rue des Martyrs

Rue des Martyrs, gastronomia em South Pigalle ou So-Pi, a zona sul de Pigalle


Rue des Rosiers (Le Marais)

Last but not least…Deixei para o final a Rue des Rosiers…talvez porque seja a melhor ou porque fique no Marais, o meu xodó querido em Paris. Sim, admito, a Rue des Rosiers é uma das melhores ruas gastronômicas de Paris. Na minha humilde opinião, é claro.

Rue des Rosiers fica entre o III e o IV Arrondissement, no miolo de Le Marais, entre Rue de Rivoli, Rue Vieille du Temple e Rue de Turenne.

A localização da rua explica a oferta gastronômica típica judaíca. Quem gosta de falafel, hummus e bagel – como eu – vai cair na gandaia.

Começando com o famoso L’As du Falafel com os seus sanduíches maravilhosos – melhor fazer um regimezinho antes de visitar Paris 🙂 . Tem sempre fila do lado de fora, mas merece. Logo na frente, na esquina com Rue des Ecouffes, fica outra superstar da rua, o Miznon, bistrô descontraído (e lotado) com cardápio kosher. Astral nota 10.

Quem quiser somente comprar vai achar alguns interessantes empórios kosher com comidas típicas. Ou lojas onde gastar dinheiro com aquelas bobagens que você vê só em Paris.

Curiosidade | o belíssimo Jardin des Rosiers, um lugar surreal, um pequeno jardim escondido entre os palacetes Hotel d’Albret, Hôtel de Coulanges (atual Maison de l’Europe) e Hôtel Barbes. Sentar, relaxar e … comer um sanduíche na maior tranquilidade. É o motivo porque gostei tanto da Rue des Rosiers.

Indicado para | quem gosta de comida judaica e dos ares de Le Marais.

Metrô | linha 1 – Parada Saint Paul.

Rue des Rosiers

Rue des Rosiers, super descolada e comida gostosa


L'AS du Falafel

L’AS du Falafel, turístico mas gostoso


ruas gastronomicas de paris

Jardin des Rosiers – um dos lugares que mais gostei nas minhas andanças parisienses


Se você é um viajante gourmet não deixe de ler:

>> Borough Market: o mercado gourmet de Londres

>> O mercado gourmet de Milão

Guarde no Pinterest para ler depois

Pinterest

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *