Elafonissi, a praia top da Ilha de Creta


Estive em Elafonissi (ou Elafonisi) no ano passado e sem dúvidas é uma das melhores praias do Mediterrâneo.

Mas demorei a escrever um artigo: cada vez que ficava na frente do computador, surgia a pergunta: porque um turista brasileiro deveria visitar a praia de Elafonissi ou mesmo a ilha de Creta? Quem sabe até renunciando a Mikonos?

Antes de exlicar porque Elafonissi vale a pena, digo logo que em geral Creta não se encaixa no esquema “turista 2.0”: perto-fácil-trendy-glamour. Quero dizer não é um “destino vapt-vupt” ou “bate-volta”: pego o carro, chego em 10 minutos, tomo uma cervejinha e passo a tarde fazendo compras em outro lugar.

Nada disso. Porque a ilha é grande e não vale a pena visitar somente uma praia. Além disso, é pouco habitada, com poucas estradas e poucos hotéis luxuosos. Para completar, fica longe de Mikonos, epicentro da muvuca grega. Ok, muitos diriam, esse é o meu lugar preferido. Mas uma viagem on the road pela ilha não é tão simples.

Para compensar a dificuldade (por maneira de dizer, porque Creta não é mais complicada do que Santorini) vai encontrar uma ilha no meio do marzão azul turquesa, relax, praia paradisíacas, história, ruínas minoicas e boa comida.

Querendo então visitar Creta precisa escolher bem os destinos para evitar viagens longas e perda de tempo. Como a ilha é grande, o difícil é exatamente escolher as melhores praias. Aqui no blog já falei dos encantos de Loutro e da Lagoa de Balos. Mas a lista não acabou. Visitei também Elafonissi e Falassarna. Coloco essas quatro praias entre as melhores de Creta. Mas é questão de gosto: prefiro águas rasas e mornas (coisa rara no Mediterrâneo), poucas ondas e areia branca. Quem gosta de rochedos e pedregulhos, é melhor ficar no litoral norte de Creta.

No post de hoje vamos conhecer Elafonissi, a minha preferida, e entender porque você deveria colocá-la na sua lista das praias top.

Elafonissi - 2

Águas rasas, paisagem mediterrânea e as montanhas nos arredores de Elafonissi


Onde fica e como chegar em Elafonissi

Procurando por Elafonissi na internet, Mr Google retornou com poucos artigos em português. Quem já foi, adorou. Mas os blogueiros brasileiros ainda não exploraram essa prainha meio afastada do fuzuê.

Elafonissi fica no litoral sudoeste de Creta, a 70 km de Chania, a capital da região, e a 40 km de Kissamos, a maior cidade nas vizinhanças. Nas redondezas ficam somente pequenos vilarejos. Tudo muito simples e rústico.

Para chegar em Elafonissi, existem duas opções: carro alugado ou ônibus. Na verdade, é possível ir até Elafonissi de barco, saindo de Paleochora, uma cidadezinha que fica no sul da ilha, mas acho pouco prático e muito demorado.

De carro, a estrada mais rápida passa por Kissamos, Topolia e Elos. Saindo de Kissamos a viagem demora mais ou menos uma hora. A estrada é boa, apesar de ter somente duas faixas, e não é movimentada, mesmo no verão. A estrada atravessa uma região muito bonita, entre colinas, figueiras e plantações de oliveiras. Eu encontrei vários pontos de venda de azeite e mel caseiro de boa qualidade.

O último trecho da estrada não é asfaltado, mas o acesso é facil. Tem estacionamento perto da praia.

Tem outra estrada para Elafonissi, mais perto do litoral porém mais precária e mais longa.

Para quem prefere a viagem de ônibus, existe uma linha que sai de Chania ás 9:00 h da manhã e volta ás 16:00. A viagem dura 2 horas. Visite o site da empresa para maiores informações. O serviço funciona somente na alta temporada.

Alguns hotéis organizam excursões de um dia até a praia.

Areias rosadas e águas cristalinas

São os verdadeiros motivos que devem levar você até Elafonissi. Imagine a praia mais cristalina que você conhece…bom, Elafonissi não passa vergonha. Estilo caraíbico, eu digo caraíbico, porque é sinônimo de transparência. Mas em Elafonissi você não encontra a umidade do Caribe. Clima seco, ventilado e pouco chuvoso o ano inteiro.

A praia de Elafonissi fica dentro de uma área protegida, rica de espécies vegetais raras, num banco de areia que forma uma lagoa de águas rasas e mornas, ideal para tomar banho o dia inteiro. A praia é cercada por montanhas e colinas com vegetação rasteira. Na beira da praia encontram-se centenas de plantinhas de tomilho. No mês de agosto estavam cheias de flores violetas. Um mimo. Enfim, a mais autêntica paisagem mediterrânea.

O toque final é a areia rosada devido a presença de pequenos grãos de corais e conchas vermelhas.

Além das belezas naturais, tem pouca coisa para ver (ainda bem!). O lugar é quase deserto: poucas pousadas e restaurantes. Não planeje pernoite sem ter feito a sua reserva antes porque as opções são realmente limitadas.

Na praia tem umas pequenas tavernas bem simples que vendem refeições rápidas e lanches. No trecho perto do estacionamento, o mais frequentado, tem aluguel de cadeiras e guarda-sol.  O meu conselho é caminhar um pouco até encontrar as praias mais tranquilas. Não fique na primeira praia, perto do estacionamento.

Eu estive em Elafonissi no fim de agosto e encontrei muitos turistas somente no primeiro trecho da praia. Mais na frente não tinha mais ninguém porque todo mundo tem preguiça de caminhar. No final da tarde, quando a maioria dos visitantes vai embora, você pode curtir o lugar na maior tranquilidade.

Elafonissi - praia

Rochedos em alguns trechos da praia Ideal para quem gostar de mergulhar sem equipamento


Elafonissi - tomilho

A praia é repleta de plantas de tomilho: aroma típico mediterrâneo (pena que vocês não podem sentir…)


Praia de Elafonissi

No trecho mais movimentado de Elafonissi você vai encontrar cadeiras e guarda-sois de aluguel



Fotos Adelaide Pereira – Reprodução proibida

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *