pratos tipicos italianos

Pratos regionais italianos que você não pode perder


A gastronomia italiana é rica, aliás, muita rica. Mas tem certeza que você está pronto/a para explorar esse universo quando visitar a Itália? E que não vai limitar o seu cardápio a spaghetti e pizza? Não, não pare por aí.

A gastronomia local é uma parte importante de qualquer viagem, na Itália então nem se fala. Comer bem e barato é possível, já escrevi mais de um post aqui no blog com dicas sobre comida de rua e pratos econômicos que você vai encontrar em qualquer esquina das cidades italianas.
Além das conhecidíssimas e imitadíssimas receitas que todo mundo conhece, ouse e experimente os pratos regionais italianos que são ainda pouco explorados pelos turistas que visitam o país.

Existem dezenas em todas as regiões. Na Toscana são rústicos, como por exemplo a sopa de legumes e o javali, no Sul usam muito carneiro, tomate, berinjela e pimenta, enquanto que nos Alpes as receitas usam queijos.

Entre os meus preferidos escolhi cinco deles, porque são fáceis de encontrar e custam pouco. Buon appetito!

Arancini (bolinhos de arroz recheados)

Origem: Sicília

Cores e sabores sicilianos autênticos: o amarelo queimado do açafrão numa mistura de arroz, carne e queijo. O açafrão – ingrediente chave em muitas receitas italianas principalmente do centro-sul – é um tempero natural, intenso mas agradável. Uma plantinha preciosa que na Itália cresce principalmente nas regiões centrais e nas ilhas.

Os arancini são ótimos no lanche, como entrada e – se são bem grandes – quase uma refeição. Na prática o arancino é um bolinho de arroz, redondo ou oval. Praticamente uma coxinha.

É um dos pratos regionais italianos mais famosos. Existem muiiitas versões do tal do arancino: com carne moída (a original), com presunto, com tomate.

Dica: quando é feito em casa é ótimo para reciclar sobras de molho de carne. Devem ser servidos quentinhos com um molho de maionese. Acompanhamento perfeito para um vinho branco leve.

pratos tipicos italianos-arancini

Arancini da Sicília – bolinhos de arroz recheados


Tortellini in brodo (no caldo)

Origem: Emilia Romagna

Tradição e sabor juntos no mesmo prato. Os famosos tortellini di carne servidos com caldo “fumaçando” e queijo parmesão ralado caem bem no almoço e no jantar.

É um dos símbolos gastronômicos de Bologna, Parma e Reggio Emilia apesar de ser usado de norte a sul. Antigamente era um prato natalino mas hoje é servido o ano inteiro, principalmente no outono-inverno.

Existem centenas de receitas, mas de acordo com a receita registrada na Câmara de Comércio de Bologna, o recheio dos tortellini deve ser feito com lombo de porco, alho, alecrim, presunto cru, mortadella, ovo e parmesão.

O caldo pode ser de carne ou de frango capão (castrado). O top é o caldo caseiro…delícia sem igual.

Dica: servido no inverno – bem quente – com uma taça de vinho branco (se o recheio for leve) ou um tinto leve, como por exemplo o Lambrusco. Se usar os tortellini já prontos pelo menos faça o caldo de carne em casa. Ficam deliciosos.

pratos tipicos italianos-tortellini

Tortellini prontos para serem cozidos no caldo de carne


Pasta e fagioli (sopa de feijão com massa)

Origem: polêmica…

O nome da receita já explica que o prato é substancioso, que alimenta pra valer e esquenta…Não é opção para dias quentes…é claro. Eu adoro até porque lembra aquelas sopas de feijão bem densas usadas no Brasil.

É um prato usado na Itália inteira, em toda região é “típico”, mas dizem que a origem verdadeira seja toscana ou veneta. Os italianos brigam até pelo copyright de receita regional…

Simples e rústico mas muito saboroso. Simples mas o feijão não pode ser de caixinha para não estragar o sabor. Tem que ser cozido em casa e bem temperado. A receita italiana é preparada com caldo bem denso feito com um refogado de toucinho e verduras em cubinhos (cenoura, cebola e salsão), molho de tomate, caldo de carne e alecrim. Os feijões cozidos e a massa (sem ovos e bem pequena) devem ser colocados no caldo cremoso para pegar gosto. Geralmente o prato é servido com muito caldo – denso – mas pode acontecer que alguns restaurantes sirvam o prato quase sem caldo.

Dica: deve ser servido com torradinhas e regado com azeite de ótima qualidade. Acompanhamento com vinho tinto que aguente a briga com os sabores fortes, como por exemplo o Rosso di Montalcino.

pratos tipicos italianos-pasta e fagioli

A sopa “pasta e fagioli” é um dos melhores pratos regionais italianos


Olive ascolane (azeitonas à ascolana)

Origem: Região de Ascoli Piceno (Itália Central)

Receita muita antiga preparada com azeitonas verdes grandes, macias e bem docinhas, uma variedade típica da região de Ascoli.

A receita é muito trabalhosa e antigamente era servida somente em ocasiões importantes. Hoje em dia as azeitonas são feitas industrialmente mas as melhores são vendidas cruas nas padarias ou nos mercadinhos gourmet para serem fritas em casa.

As azeitonas são recheadas com uma massa feita com carne de boi e porco, miolo de pão, cebola, noz moscada, parmesão, cenoura e salsão. Quando ficam prontas, devem ser empanadas e fritas no azeite. Servir quente.

Dica: ótima como petisco ou como acompanhamento. Servir com vinho branco leve até mesmo espumante. Uma ótima pedida é o Verdicchio dei Castelli di Jesi.

pratos tipicos italianos-olive

Petisco ou acompanhamento: azeitonas recheadas


Crostata di marmellata (torta crocante)

Origem: doméstica…

É a torta da nonna italiana. Clássica e icônica!! Massa super crocante feita com manteiga e recheio de geleia. Melhor ainda se for geleia feita em casa com fruta fresca e na safra. A mais conhecida é feita com geleia de damasco ou frutos vermelhos.

Ótima no lanche e no café da manhã.

Não existe padaria ou confeitaria italiana que não tenha pelos menos três ou quatro tipos de crostata, inclusive recheada com Nutella. Pra quem quer ousar.

pratos tipicos italianos - crostata

Lanche icônico: crostata de frutos vermelhos


Ficam as dicas, gostosas e baratas.


Fotos: Adelaide Pereira

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *