Roteiro de um dia em Cefalù, Sicília


Um roteiro básico para passar um dia em Cefalù, cidade costeira do sul da Sicília, e visitar a magnífica catedral tombada pela UNESCO e as outras atrações do pitoresco centro histórico. 

Cefalù era um sonho que ficou no papel por muitos anos. Hoje, amanhã, e o dia D nunca chegava. Depois de muita espera eis que essa antiga cidadezinha costeira siciliana, situada a 70 km de Palermo, vira realidade. Infelizmente foi uma passagem rápida, porque fiquei somente um dia em Cefalù, mas valeu a pena.

Apesar da beleza do burgo e da maravilhosa catedral, nomeada Patrimônio da Humanidade UNESCO, ou justamente por conta disso, confesso que Cefalù não é um destino fácil e sossegado. A visita precisa ser bem planejada para evitar aquelas situações pega-turista que estragam a poesia de qualquer passeio.

catedral de Cefalù

A maravilhosa catedral de Cefalú


Antes de tudo, a escolha do período é importantíssima. Estive lá em pleno verão, em julho, e encontrei a cidade lotada. Melhor planejar a visita durante a meia-estação, melhor ainda na primavera, quando as amendoeiras sicilianas estão floridas, e o sol dá aquele toque de azul turquesa no Mar Mediterrâneo.

Outra dica é evitar as ruas mais movimentadas e procurar um cantinho mais tranquilo e menos concorrido para curtir a beleza de Cefalù.

A cidade é, vamos dizer, um resumo caprichado da Sicília. Tem tudo aquilo que você sempre imaginou: monumentos árabe-normandos, antigo porto de pescadores, prainha, muralhas, barquinhos azuis e uma paisagem matadora dos arredores.

Confira aqui o que você não pode deixar de ver.

Sobre Cefalù

Cidade antiquíssima, fundada provavelmente em meados do ano 1000 a.C., foi inicialmente colonizada pelos gregos no século V, e dominada em seguida pelos romanos, árabes e, enfim, normandos.

Importante símbolo da potência normanda por muito tempo, Cefalù entra em declínio no século XIX, como aliás outras cidades sicilianas, perde a sua importância estratégica e fica meio abandonada.

Hoje em dia a Cefalù é um importante balneário e centro turísticas graças às belezas naturais e ao importante acervo artístico e histórico.

O centro histórico apresenta um desenho medieval com vielas estreitas e pavimentadas com os pedregulhos da praia que fica na frente da cidade.

Cefalù

Centro histórico de Cefalù


O que ver em um dia em Cefalù

O foco da visita é a Catedral de Cefalú, cujo nome oficial é Basilica Cattedrale della Trasfigurazione, construída em 1131 por vontade de Rogério II, primeiro rei da Sicília.

A catedral faz parte do conjunto arquitetônico “Palermo  árabe-normanda e as catedrais di Cefalù e Monreale”, declarado monumento UNESCO em 2015.

As dimensões da catedral são imensas, principalmente se comparadas com o pequeno porte de Cefalù, O estilo é uma mistura bem dosada de bizantino, com destaque para os mosaicos dourados, e árabe-normando. O claustro é um dos mais bonitos da Sicília.

O preço da entrada simples é de 3,00 euros (incluída a visita ao claustro) ou 8,00 euros (itinerário completo).

Mais informações no site oficial da Catedral de Cefalù.

um dia em Cefalù

Uma das atrações da catedral é o imenso mosaico de Cristo Pantocratore


catedral de Cefalù

Fachada da catedral


Entrando na cidade pelo lado que fica próximo à rodovia SS113, a catedral fica praticamente no fim do roteiro. Antes de chegar lá, o passeio básico passa por outras atrações.

Na pitoresca Corso Ruggero, por exemplo, uma das ruas principais da cidade, famosa pelas sacadinhas em ferro batido, ficam:

  • a igreja Maria Santíssima della Catena;
  • a praça Garibaldi;
  • a igreja de Santo Stefano;
  • o Osterio Magno, palácio nobre do século XII, provavelmente residência de Rogério II;
  • e, enfim, a catedral, em italiano Duomo, e o palácio Maria, provavelmente construído por Rogério II em meados de 1200.

A um certo ponto do Corso Ruggero, à direita, fica a ladeira Vicolo dei Saraceni que leva até um dos monumentos mais importantes de cidade, o Templo de Diana, construído no século IX a.C.

O itinerário continua descendo em direção à praia mas passando antes pela rua Via Vittorio Emanuele onde fica o interessante lavadouro público medieval, em italiano Lavatoio Medievale, e o arco Porta Pescara de 1570, que leva até a prainha e ao píer.

Se a temperatura estiver agradável, vale a pena uma parada estratégica em um dos bares da beira-mar e um passeio até o píer para fotografar a cidade e o panorama.

Quem tiver um pouco mais de tempo pode visitar o Museu Mandralisca, onde fica a pinacoteca da cidade e uma exposição arqueológica.

Como a cidade é pequena, não ficar inviável passar somente um dia em Cefalù, saindo de Palermo, de carro ou trem. A estação ferroviária fica perto do centro histórico e o passeio pode ser feito a pé.

Tem dúvidas? Deixe um comentário.


0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.