Roteiro de um dia em Estrasburgo, a capital da Alsácia

Um dia em Estrasburgo para conhecer uma das cidades mais bonitas da França, patrimônio UNESCO e sede de importantes instituições europeias

Capital da região do Grande Leste que engloba Alsácia, Champagne, Ardenas e Lorena, Estrasburgo fica situada nas margens do Rio Reno, na fronteira entre a França e a Alemanha. Cidade poliédrica, meio francesa, meio alemã, católica e protestante. Durante séculos foi o pomo da discórdia das disputas na região mas hoje é símbolo de paz e integração europeia.

O ideal seria passar mais de um dia na cidade, principalmente se a sua visita coincidir com o famoso mercado de Natal, mas se o tempo não der, confira as dicas abaixo para montar um roteiro básico de um dia em Estrasburgo, sem correr o risco de perder as atrações mais importantes.

ÍNDICE DO ARTIGO

Sobre Estrasburgo

Fundada em época romana, durante séculos foi um importante centro militar, comercial e cultural devido à sua localização estratégica entre a França e a Alemanha.

Muitas foram as disputas pelo domínio de Estrasburgo. Já em meados de 1600, houve a devastadora Guerra dos 30 anos e, no final do mesmo século, a anexação da cidade ao território francês também não foi nada indolor. Mas na frente, foi a vez de Napoleão, que transformou a cidade em uma importante base militar.

Após a guerra Franco-Prussiana, a Alsácia e a Lorena, incluindo Estrasburgo, passaram a fazer parte do recém-unificado Império Alemão, mas a situação durou pouco porque, com a derrota da Alemanha na Primeira Guerra, a Alsácia voltou a ser francesa.

Durante a Segunda Guerra, a Alsácia-Lorena foi ocupada pela Alemanha, Estrasburgo entrou no Terceiro Reich e foi submetida a uma política de germanização. Só em 1944 a cidade foi finalmente libertada pelas forças aliadas, voltando finalmente a ser francesa.

É claro que esse vaivém entre a França e a Alemanha deixou um legado cultural e arquitetônico que torna Estrasburgo uma das cidades mais interessantes da Europa.

um-dia-em-estrasburgo

Canais e palacetes enxaimel no centro histórico de Estrasburgo


Estrasburgo hoje em dia

Após a Segunda Guerra Mundial, Estrasburgo ganha finalmente um lugar de destaque no palco europeu e torna-se símbolo de reconciliação e integração. Foi portanto escolhida como sede de várias instituições, como o Conselho da Europa, o Parlamento Europeu (a outra sede fica em Bruxelas) e a Corte Europeia dos Direitos Humanos.

Estrasburgo

A antiga alfândega às margens do rio


O que visitar em um dia em Estrasburgo

O que ver somente em um dia em Estrasburgo? Vale a pena?

Sim, vale a pena conhecer Estrasburgo, mesmo que rapidamente. Por sorte, as principais atrações ficam concentradas na Grande Île, o centro histórico tombado como patrimônio UNESCO. Destaque para os maravilhosos exemplos de edifícios realizados com a técnica enxaimel.

Aconselho ficar pelo menos um dia e meio se você vai visitar a cidade durante o período natalino e tem vontade de conhecer um dos mais famosos mercados de Natal da Europa.

Catedral de Notre-Dame

A Catedral de Estrasburgo, construída em 1015, é um maravilhoso exemplo de arquitetura gótica. A torre de 142 metros é imponente e dizem que a vista lá de cima vale a pena (não tive coragem de subir os mais de trezentos degraus para conferir a dica).

O maravilhoso relógio astronômico do século XVI já foi considerado uma das sete maravilhas da França. Não percam a exibição do funcionamento do relógio, diariamente às 12.30 h.

Palais Rohan e Maison Kammerzell

Pertinho da catedral ficam a Maison Kammerzell, majestoso palacete do século XV (hoje é um restaurante) e o barroco Palais Rohan, construído em 1742, hoje sede de três museus (Musée des arts décoratifs, Musée des beaux-arts e o Museu Arqueológico).

Place Gutenberg

A praça leva o nome de Johannes Gutenberg, o inventor da imprensa tipográfica no século XV. A praça é cercada por palacetes históricos, incluindo o Neubau, do século XVI.

Place Kléber

A principal praça da cidade e sede do famoso Mercado de Natal de Estrasburgo.

Petite France

Um pouco mais afastado da Grande Île fica Petite France, o bairro mais pitoresco e fotogênico de Estrasburgo, cortado pelo Rio Ill. Antigo bairro de pescadores, hoje é conhecido pelos canais e pelo conjunto muito bem conservado de casas enxaimel.

Destaque para a Praça Benjamin Zix, Maison des Tanneurs, Rue du Bain-aux-Plantes e Rue des Moulins, onde viajar no tempo e ficar de boca aberta com a arquitetura alsaciana

O bairro é o lugar certo para relaxar e bebericar em um dos bistrôs típicos alsacianos que ficam nas pracinhas ou às margens dos canais.

Ponts Couverts e Barrage Vauban

Feche seu roteiro com as pontes fortificadas, as  torres medievais e com a linda vista do bairro da Barrage Vauban, antiga barragem construída no século XVII durante o reinado de Luís XIV.

Parlamento Europeu

Se sobrar um tempinho não deixe de visitar a sede do Parlamento Europeu de Estrasburgo, edifício de vidro e metal, construído em 1999. Não cheguei a entrar por falta de tempo mas passei na frente durante o passeio de barco (que aconselho).

As visitas são gratuitas.

Visite o site oficial da instituição em português para maiores informações sobre os dias e os horários de visita.

ponts couverts

Ponts Couverts de Estrasburgo


Estrasburgo

Centro de Estrasburgo


Se você tiver um ou dois dias a mais, cai muito bem seguir a Rota dos Vinhos da Alsácia para degustar vinhos locais como o Riesling e o Gewürztraminer e conhecer as pitorescas cidadezinhas alsacianas como Colmar e Eguisheim.

Leia mais no blog | Eguisheim: um conto de fadas no coração da Alsácia

Como chegar em Estrasburgo

Estrasburgo é muito bem conectada por trem e via aérea com outras cidades da França e da Europa. A opção mais prática é o trem graças à linha de TGV e dezenas de trens locais, inclusive passando por Colmar, sem baldeação.

Para quem chega de avião, a referência é o Aeroporto Internacional de Strasbourg-Entzheim.


0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.