Roteiro de um dia em Óbidos, Portugal


Quando montei meu roteiro em Portugal não tive dúvidas: reservei um dia em Óbidos. Apesar de ter visitado  Lisboa muitas vezes, nunca tinha ido a Óbidos, ali pertinho, somente a 80 km. Sempre achei linda aquela pitoresca cidadezinha muralhada no topo da colina, de feição tipicamente portuguesa.

E finalmente em 2017 chegou a vez dela. Mas… já aconteceu com você de sonhar anos e anos com um lugar e depois ficar meio decepcionad@? Pois é… mas não é culpa de Óbidos – que é linda – e sim do período do ano que escolhi para visita-la.

Sobre Óbidos

Óbidos é uma das cidades medievais mais pitorescas e bem conservadas de Portugal. Fundada pelos celtas, se desenvolve somente depois do século XIII quando foi dada como presente de casamento à Rainha Isabel e virou “dote” para outras rainhas portuguesas.

Apesar de ser um povoado relativamente pequeno, Óbidos tem um lindo casario, igrejas, azulejos e uma vista espetacular.

Dentro da muralha, encontra-se o magnífico Castelo de Óbidos, declarado em 2007 uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Óbidos é famosa também como sede de eventos. O mais famoso, “Vila Natal“, é uma programação natalina para adultos e crianças com vários espetáculos de teatro, dança, música e brincadeiras. E ainda o Mercado Medieval, um evento recriação histórica entre julho e agosto, e o Festival do Chocolate, entre abril e maio.

Leia mais | Vila Natal

Óbidos

Ladeirinha colorida em Óbidos


Roteiro de um dia em Óbidos

Programar um pulinho de 2 ou 3 horas não é negócio. A melhor pedida é um roteiro de um dia, sem pressa, com paradas gastronômicas na cidade ou nas redondezas. No dia que estive lá tinha uma barraquinha com venda de queijos artesanais deliciosos :)

Único conselho | evite o período entre metade de julho e fim de agosto, principalmente nos fins de semana. Eu estive lá num domingo de agosto e a cidade estava lotada.

O roteiro em Óbidos combina muito bem com um bate-e-volta saindo de Lisboa, ou melhor ainda, com o itinerário Alcobaça – Batalha – Fátima – Coimbra – Porto.

Leia mais aqui no blog | Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro da Batalha

A visita começa no Portal da Vila, passando pelas maravilhosas decorações de azulejos com cenas da Paixão de Cristo. Dentro da cidade, entre uma atração e outra, não deixe de passear nas ruelas e ladeiras laterais – menos famosas – para conhecer de perto as fileiras de casinhas brancas com floreiras penduradas nas sacadas.

Portal da Vila

Os maravilhosos azulejos do Portal da Vila


O itinerário a pé passa nas principais atrações de Óbidos:

  • Rua Direita | a principal rua da cidade, com lojas de artesanato, bares, restaurantes, empórios e venda de ginja, o licor típico, servido num copinho de chocolate (a 1 euro).
  • Igreja de Santa Maria (Rua Direita) | igreja da padroeira da cidade, onde foi celebrado o casamento de Afonso V e Isabel (ele com dez anos, e ela com 8!). Destaque para a obra da grande pintora Joseja de Óbidos.
  • Praça de Santa Maria | destaque para o Telheiro, local que abrigava o mercado, o Pelourinho, coluna medieval que representava o símbolo da justiça na cidade, e o Cruzeiro da Memória onde Dom Alfonso Henriques montou o acampamento antes de conquistar Óbidos.
  • Igreja da Misericórdia | construída no século XV com um belíssimo acervo de azulejos; fica por trás da praça de Santa Maria, já fora do vaivém :)
  • Igreja de São Pedro | antiga basílica gótica parcialmente destruída no terremoto de 1755; abriga a sepultura de Joseja de Óbidos. Fica escondida num largo atrás da Rua Direita.
  • Aqueduto de Óbidos | obra de 3 km construída no século XVI fora das muralhas.
  • Castelo e muralhas | é a principal atração de Óbidos. A construção está muito bem conservada, apesar dos danos do terremoto. Provavelmente de origem romana e ampliado no século XII. Hoje abriga um hotel de charme – mas as muralhas podem ser visitadas. E vale a pena, não somente por causa da vista!
Óbidos

A movimentada Rua Direita


Igreja de Santa Maria

A fachada da Igreja de Santa Maria


um dia em Óbidos

Óbidos e o seu castelo


Quem tiver ainda um tempinho pode arriscar uma visita ao Museu Municipal onde estão expostas as obras de Josefa de Óbidos e outras pinturas de artistas portugueses ou entrar na Livraria Santiago instalada dentro da antiga Igreja de São Tiago, ao lado da entrada do Castelo de Óbidos.

Como chegar em Óbidos

De carro saindo de Lisboa | Autoestrada A-8 direção Leiria (com pedágio)

De carro saindo do Porto | A-1 até Leiria e, depois, pela A-8 (com pedágio).

De ônibus | Com a companhia Rodotejo, saindo da Estação de Campo Grande de Lisboa, na linha verde do metrô.

Na cidade tem estacionamento a pagamento.


Guarde no Pinterest para ler depois

Óbidos

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.