Um dia em Taormina: arte, cultura e praia


Pitoresca, badalada, histórica…muita coisa para uma cidade só. Será que vale a pena ficar somente um dia em Taormina? Sim, vale a pena. Digamos que é o bate-volta perfeito saindo de Catânia. Vai ser um dia intenso, mas a beleza da cidadezinha mais famosa da Sicília vai pagar o esforço.

Duas palavrinhas sobre Taormina

Antes de tudo: sim, Taormina é muito turística. A Itália é repleta de lugares assim: turísticos mas obrigatórios. E na Sicília tem mais três ou quatro cidades lindas e imperdíveis, além de Taormina, é claro.

Não fique desconfiado quando digo que a Sicília é linda. Aquele cliché chato que ouvimos tantas vezes “a Sicília é pobre” é uma simplificação injusta. A Sicília é um paradoxo, como o Brasil. Um lugar mágico, com um potencial incrível, rico de arte, cultura e gastronomia, sem falar da patrimônio natural. Mas que nunca decolou…Soa familiar? Pois é, como o nosso Brasil.

Você deixaria de conhecer o Rio de Janeiro porque tem favelas? Não, claro que não.

Eu estive na Sicília três vezes e nunca tive problemas. Sim, claro, algumas ruas são meio bagunçadas e faltam tantas infraestruturas mas nós brasileiros estamos acostumados com isso.

Deixe pra lá o preconceito e programe uma viagem em uma das regiões mais bonitas da Itália.

Voltando à Taormina…Conta uma das tantas lendas que foi fundada em 396 a.C. por gregos vindos de Naxos, a primeira colônia grega da Sicília, hoje chamada Giardini Naxos, a 10 km de Taormina.

O pequeno vilarejo viveu sob domínio romano, mouro, normando, francês, borbônico e, enfim, italiano…Passeando pela cidade você vai ver um pouquinho da herança deixada pelos antigos habitantes.

Desde os meados do século 19, Taormina é um destino famoso, principalmente entre artistas, escritores e milionários. Passaram ou viveram em Taormina personagens como Elizabeth Taylor, Oscar Wilde, Strauss, Tennessee Williams, só para citar alguns.

Mas por que essa fama toda? Pra começo de conversa, a localização de Taormina é invejável. Em cima do Monte Tauro, debruçada no Mar Mediterrâneo, entre laranjais, jardins e penhascos. Um lugar cinematográfico. Além do clima ameno durante o ano inteiro, comida e vinhos deliciosos, águas cristalinas, acervo histórico, festival de cinema…

Acho que você já entendeu porque vale a pena passar um dia em Taormina.

Aliás não fui eu que decidi assim mas foi o escritor Guy de Maupassant quem escreveu em um dos seus livros: “se alguém pudesse passar somente um dia na Sicília e perguntasse para mim o que deveria visitar eu responderia sem hesitar: Taormina.

um dia em Taormina

Isola Bella, no litoral de Taormina


Duomo di Taormina

Catedral de Taormina


Como chegar em Taormina

  • Avião: o aeroporto de Catânia é o mais perto e prático, além de interligado com várias cidades italianas. Fica a 70 km de Taormina.
  • Trem: saída da estação central de Catânia (1 hora).
  • Ônibus: saída de Catânia (pouco mais de 1 hora).
  • Carro: Rodovia A18 com pagamento de pedágio (1,50 euro); trajeto de 60 km saindo do centro de Catânia (1 hora).

Quem escolher o carro, tem que estacionar fora de Taormina porque o centro da cidade é exclusivamente para pedestres. Na alta temporada, estacionar pode ser meio complicado. E não tente estacionar nas vagas dos residentes. É multa certa!

Como organizar um roteiro de um dia em Taormina

Taormina é pequena mas repleta de pontos turísticos, alguns deles muito importantes. O roteiro no centro deve ser feito completamente a pé.

O mínimo indispensável é:

  • Teatro greco: é a atração mais importante da cidade. Localizado numa posição panorâmica que abrange uma boa parte do litoral; é o segundo teatro mais antigo da Sicília depois de Siracusa. Durante o verão o teatro vira palco de festivais e concertos de música.
  • Palazzo Corvaja: construído entre os séculos X e XI nas ruínas de antigo foro romano. Hoje em dia abriga o Museo Siciliano di Arte e Tradizione.
  • Corso Umberto: é a rua principal do centro, exclusivamente para pedestres. Cheia de lojas legais, boutiques, bares e restaurantes. Muito artesanato local: peças em cerâmica (como a famosa cerâmica de Caltagirone), em ferro fundido, em mármore, etc. Vale a pena entrar nas ruelas laterais porque são as mais pitorescas. A mais famosa é o Vicolo Stretto, um beco bem estreitinho.
  • Piazza IX Aprile: é a praça principal da cidade onde ficam muitos bistrôs e o mirante panorâmico. Na praça ficam a Chiesa di San Giuseppe, a Torre di Mezzo e ex Chiesa di Santo Agostino. Além do badalado (e caro) bar Wunderbar.
  • Duomo di Taormina: Catedral de São Nicolau, construída no século XV.
  • Villa Comunale:  antigamente era o jardim do palacete da nobre inglesa Lady Florence Trevelyan; hoje o jardim é publico com entrada gratuita. Merece a visita porque oferece uma das melhores vistas do litoral e do vulcão Etna.
  • Isola Bella: ir embora sem conhecer a pequena ilha que fica na parte baixa da cidade seria um erro 🙂 No verão, aproveite para curtir a famosa praia de águas cristalinas ou para fazer um passeio de barco até as grutas do litoral.
Taormina

Ruela pitoresca em Taormina


cerâmica de Caltagirone

A belíssima cerâmica de Caltagirone nas sacadas de Taormina.


A gastronomia faz parte do roteiro

Mesmo quem fica um dia em Taormina, pode fechar o roteiro com um aperitivo com vista ou pelo menos com um lanche. Na Sicília é inevitável querer experimentar os maravilhosos doces e salgados preparados com os produtos regionais (pistache, laranjas, amêndoas, ricota, azeitonas, peixe… ).

Taormina faz jus à fama siciliana e oferece ótimos pratos típicos. Eu optei por um lanche. No Corso Umberto há várias confeitarias, como por exemplo a Pasticceria Etna.

Mas foi no Laboratorio Pasticceria Roberto (Via Calapitrulli, 9) onde comi o doce de amêndoas mais gostoso da minha vida. E os cannoli recheados na hora eram simplesmente divinos.

Doces típicos sicilianos

Laranja cristalizada com ou sem chocolate, um dos melhores doces típicos sicilianos


Doces de amêndoas

Doces de amêndoas do Laboratorio Pasticceria Roberto: os mais gostosos que comi até hoje


Info úteis

  • Companhia de ônibus (Aeroporto de Catânia – Taormina): Interbus
  • Informações turísticas: Taormina


Guarde no Pinterest para ler depois, é super prático

Taormina

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *