Comidas típicas italianas: mitos e verdades


Será que você conhece mesmo as comidas típicas italianas ? Mitos e verdades sobre uma das culinárias mais amadas e imitadas do mundo.

Em poucos países do mundo, comida é atração turística. A Itália é um deles. As comidas típicas italianas estão em qualquer roteiro de viagem e em todas as listinhas das 10-melhores-coisas.

Mas será que você está pronto para saborear a verdadeira comida italiana? Ou sonha em comer comida italiana que não é italiana e vai voltar para casa achando que a melhor massa é a do Brasil?

Sim, muita gente ainda viaja para a Itália e procura por pratos que não existem. Será que você é assim?

Vamos testar.

Comidas típicas italianas: mitos

#1 Massa com bife ou frango

Na Itália, vale a regra: cada macaco no seu galho. Quero dizer, cada comida no seu prato.

Massa é o “primo piatto“, o primeiro prato. E viaja sozinho, sem acompanhante. Só com molho. Não insista… kkk

Na Itália não existe massa com filé ao molho madeira, com strogonoff, bife à milanesa, frango com creme de leite e outras invenções que matariam qualquer italiano do coração.

Se você quiser comer carne, tem que pedir o “secondo piatto“, ou segundo prato, que chega depois da massa, com preço separado.

#2 Risotto com arroz branco

Risotto non é arroz branco com creme de leite, conhecido no Brasil como “arroz a piemontese”. Parece mas não é.

Risotto é, sim, um prato típico da região Piemonte mas tem que ser feito com arroz arbóreo ou similar, um arroz especial com grãos menores e mais redondinhos, ricos de amido para dar aquela deliciosa cremosidade do prato italiano. O risotto é cozido bem devagar, adicionando aos poucos caldo de carne ou de legumes. Nada a ver com o preparo do arroz brasileiro.

E não leva champignon.

risoto italiano

O verdadeiro risotto italiano é cremoso e raramente leva creme de leite. É um parto típico das regiões Piemonte e Lombardia


#3 Bife à parmegiana

Também não tem. Tem “parmigiana”, uma das melhores comidas típicas italianas, feita com berinjela em fatias, molho de tomate e mozzarella. Simplesmente uma delícia!

#4 Cappuccino durante a refeição

Jamais um italiano vai comer massa acompanhada por um cappuccino. E muito menos vai tomar cappuccino depois da refeição.

Não esqueça: cappuccino só no café da manhã. Depois da refeição, os italianos bebem caffè espresso.

#5 Massa ou pizza com ketchup ou maionese

Essa é fácil, e todo mundo já sabe… kkk

Na Itália, ketchup e maionese só na batatinha frita.

#6 Massa ou carnes com catupiry

Catupiry nem existe na Itália. E além de tudo, os italianos não gostam de misturar carnes com queijos cremosos ou creme de leite. Aliás, os italianos detestam comidas muitos misturadas com molhos extravagantes.

Na Itália, experimente as massas com os queijos locais: salada de massa com mozzarella, massa com queijo pecorino (queijo de ovelha), ricotta ou gorgonzola.

#7 Frutos de mar com queijo ralado

Sabe aquela massa deliciosa com camarão e queijo parmesão? Na Itália não tem.

Ou camarão gratinado com queijo ralado. Também não tem. Na Itália tem centenas de pratos com frutos do mar mas nenhum leva queijo. É uma verdadeira gafe culinária.

Geralmente os temperos preferidos são: azeite, salsinha picada, pimenta, alcaparras, ervas mediterrâneas, etc.

#8 Fettuccine Alfredo

Não existe nenhum prato típico italiano com esse nome. O que existe é um prato muito parecido preparado com tagliatelle (talharim), burro (manteiga) e parmigiano (parmesão). Um prato bem simples, do dia-a-dia. Uma daquelas receitas que você faz quando está sem tempo, com preguiça ou geladeira vazia.

O prato ficou famoso porque é servido no super turístico restaurante romano que leva o mesmo nome da massa (e em outros restaurantes super turísticos da Itália e do mundo). Mas nenhum italiano, nenhum mesmo, sai de casa para comer massa com manteiga e parmesão ralado.

Comidas típicas italianas: verdades

#1 Existem diferentes tipos de pizza

Não é só uma questão de cobertura mas de tipo de massa. Existe a pizza napolitana, macia, fininha no meio e com borda alta, a pizza romana, bem crocante, a pizza al taglio, ao corte, alta e macia, a pizza fritta, isso mesmo, frita. E por aí afora.

E existe também aquela pizza sem marca registrada, a mais comum, uma mistura entre as pizzas napolitana e romana. Ou seja, bem fininha mas sem borda alta.

Mas… não existe pizza com ananas.

comidas típicas italianas

A verdadeira pizza napolitana tem borba alta


#2 Polenta sim, mas só no norte da Itália

Não procure por polenta em Nápoles porque o garçom vai achar que você está maluco. Mesma reação você vai encontrar em outras regiões do sul da Itália, como Puglia e Sicília.

Vale sempre a regra: cada macaco no seu galho. Melhor comer certas comidas na sua cidade natal.

#3 Em cada cidade, um queijo diferente

Se não é um a um, chega bem perto.

Há anos a Itália compete com a França no campo dos queijos. A fama francesa é difícil de derrubar mas a Itália não deixa nada a desejar. Portanto não fique no gorgonzola, provolone e mozzarella.

Mergulhe de cabeça nos queijos serranos, de cabra ou ovelha, nos queijos cremosos ou curados, nas ricotas, e outros.

#4 1001 pães e ensacados

A Itália também é terra de pão e ensacados. Aquela expressão “pão italiano” na realidade não quer dizer nada porque cada região tem vários tipos de pães típicos.

E ensacados também. Além do presunto cru e do famoso salame picante, você vai encontrar outros tipos de ensacados que dificilmente chegam no Brasil. Não perca a ocasião.

pães italianos

Os deliciosos pães italianos


#5 E 1001 tipos de massas

Os italianos fazem massa com tudo (menos com bife e frango kkk). Em cada região você vai encontrar um acervo de recheios e molhos que vão muito além dos clássicos já conhecidos no Brasil.

Viajando pela Itália você vai encontrar massas com verduras (berinjela, abobrinha, pimentão, etc), com queijos (ricota, parmesão, queijo de ovelha), açafrão e outras especiarias, carnes, inclusive de javali.

Além das tradicionais com molho, as massas podem ser recheadas, ao forno, frias (tipo salada) ou servidas com caldo quente, como uma sopa.

#6 Cerveja sim, mas com pizza

Nada de cervejinha gelada na hora do almoço com um prato de massa. Deixe a cerveja para a pizza. E no almoço escolha um bom vinho italiano.

A cerveja, principalmente artesanal, anda muito de moda na Itália. Nos últimos anos abriram várias cervejarias que oferecem até degustação. Mas o vinho ainda é a bebida preferida dos italianos.

Existem muitos outros clichés sobre a comida italiana mas agora você conhece os piores…

Clique para guardar no Pinterest

comidas italianas

2 respostas
  1. Lilian Azevedo says:

    Eu sempre digo que amo comida italiana e ela me salva em qualquer viagem. Lendo o post entendi melhor o estranhamento que vivi na primeira viagem à Italia. Saímos do Brasil, muito inexperientes, esperando encontrar a “comida italiana” que comíamos aqui. Pedimos apenas o primeiro prato pois era barato e não entendemos porque o garçom ficou nos olhando com cara feia.
    Os pratos de cada país passam por adaptações nos demais países.
    Na Itália me parece mais comum tb o grano duro. Eu não gosto muito.
    Adorei aprender as diferenças e pretendo explorar essa deliciosa cozinha em uma próxima viagem.
    Beijocas

  2. Adelaide says:

    Olá Lilian,
    muitas pessoas que visitam a Itália pela primeira vez ficam surpresas ao notar que as verdadeiras comidas italianas nem sempre parecem com a versão brasileira.
    Mas aos poucos aprende a aprecia-las. É uma experiência muito válida.
    Até a próxima!

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.