lago-de-como

Roteiro no Lago de Como


O Lago de Como é um destino ainda pouco explorado pelo turista brasileiro. Quem passa por Milão, o aeroporto mais próximo do lago, muitas vezes nem leva em consideração um bate-volta. Mas quem arrisca uma visita não se arrepende. Surpreende a beleza das montanhas, dos vilarejos e dos famosos palacetes.

O Lago de Como fica no norte da Itália, aos pés dos Alpes. Tem uma forma de um Y invertido. Nas duas pontas do Y ficam as duas maiores cidades, Como, no ramo oeste, e Lecco, no leste. É o terceiro maior lago italiano e o mais profundo. Apesar da localização entre as montanhas, o clima é agradável durante a maior parte do ano, principalmente nas encostas do ramo oeste, sempre expostas ao sol.

Justamente a beleza da costa oeste, a partir do século XIX, começou a atrair nobres europeus e magnatas americanos durante a temporada de verão. Personagens famosos como Liszt, Byron, Stendhal e Churchill passaram longos períodos no lago.

No fim da Segunda Guerra, o lago foi cenário da prisão de Mussolini durante a sua fuga para a Suíça, marcando o fim do Fascismo italiano.

Mais recentemente, o lago virou “cénario” de filmes, como por exemplo, “Ocean’s Twelve”, “Star Wars”, “007 Casino Royale”.

Hoje em dia, durante a primavera e o verão, é um destino muito procurado, principalmente por turistas do norte da Europa e por americanos. Mas com exceção de Bellagio, o lago ainda não é meta de turismo de massa.

O setor norte do lago, muito ventoso, é ideal para iatismo, windsurf e kitesurf. Fãs de trekking e de biking encontram no lago muitas trilhas de ecoturismo. O litoral oeste é o mais procurado pelo turista “glamour”, que gosta de luxo e hotéis exclusivos.

Enfim, um destino para todos os gostos. Até mesmo para quem gosta praia! Isso mesmo: vários vilarejos têm praia, quase todas grátis. A água é fria, mas não impede um mergulho, principalmente nos dias mais ensolarados do verão italiano.

panorama lago de como

Panorama do Lago de Como


O que visitar no Lago de Como

Como

Gosto não se discute. Mas algumas cidades são imperdíveis. A primeira delas é Como: elegante e cheia de charme. Fica perto de Milão e combina perfeitamente com um bate-volta de trem. Apesar de ficar na ponta extrema do lago, a paisagem em Como é uma boa amostra das belezas que você encontra nos arredores.

Não perca o passeio no teleférico “Como-Brunate” que sai da Piazza De Gasperi e chega até Brunate a 1.084 m. Uma vista maravilhosa do lago e da cidade de Como.

A cidade é relativamente pequena e pode ser visitada em poucas horas. Os principais atrativos são:

  • Catedral (Duomo): em estilo gótico, foi construída em 1396;
  • Palazzo Broletto: fica ao lado da catedral. Construído em 1215 e modificado durante a Renascença;
  • Villa Olmo: um dos palacetes mais bonitos da Itália, em estilo neoclássico. Contruída em 1797.

Cernobbio, Villa Erba e Villa d’Este

Seguindo a rota costeira (Strada Regina S.S. n. 340), encontra-se Cernobbio. Parada obrigatória para conhecer dois palacetes maravilhosos, a Villa Erba e a Villa d’Este.

A Villa Erba foi construída em 1894 e em seguida foi comprada pela família Erba, proprietária da importante indústria farmacêutica italiana que tem o mesmo nome.

Bem perto da Villa Erba, encontra-se a Villa d’Este e seu jardim. Construída em meados de 1500 como residência de verão do Cardeal Gallio, foi transformada em hotel de 5 estrelas em 1873. Sede de importantes congressos internacionais.

Lenno e a Villa del Balbianello

Mais ao norte, encontra-se Lenno.

Nota: Pulei Laglio, vilarejo que ficou conhecido mundialmente depois da chegada de Clooney. Não porque seja feio, mas porque já foram escritas páginas e páginas para falar sobre a mansão de “George”, a Villa Oleandra.

Voltando ao assunto, os fãs de “Guerra nas Estrelas” sabem que algumas cenas do Episódio II foram filmadas em Lenno, exatamente na Villa del Balbianello. O visual é deslumbrante. Quem passa pelo Lago de Como não pode deixar de parar no local. A Villa fica num promontório panorâmico, de tirar o fôlego.

A Villa tem duas entradas, uma no ancoradouro (para quem chega de taxiboat saindo de Lenno) e outra no parque (para chegar precisa caminhar mais ou menos 1 km).

A Villa del Balbianello foi construída em 1796. Vale a pena pagar o ingresso para visitar os jardins e os aposentos luxuosos e cheios de história.

O vilarejo de Lenno também é muito agradável. Fica na beira do lago e pede uma parada rápida para um cafezinho ou um aperitivo no fim da tarde.

lago de como-lenno

Ruelas de Lenno, Lago de Como


Menaggio, Tremezzo e a Villa Carlotta

No trajeto até Tremezzo, não perca a vista da única ilha do Lago de Como, chamada Isola Comacina.

Em Tremezzo fica a maravilhosa Villa Carlotta, construída em 1690. Muita famosa pelo jardim botânico de 7 hectares.

Menaggio é uma das principais paradas das embarcações que atravessam o Lago de Como. Fica logo depois de Tremezzo e Cadenabbia, outro porto estratégico do lago.

Merece uma visita rápida, mesmo sem ter villas do nível de Lenno ou Cernobbio.

Durante o verão, uma ótima opção de lazer é o Lido di Menaggio, uma pequena praia à pagamento, com restaurante e bar.

lago de como-villa carlotta

A maravilhosa Villa Carlotta, Lago de Como


Bellagio

Na frente de Menaggio, em um belíssimo promontório, entre os dois ramos do lago, fica Bellagio, antiga cidadezinha, já conhecida pelos Romanos.

O que dizer sobre Bellagio? Tudo já foi dito e escrito…Um lugar conhecido no mundo inteiro, super badalado, hotéis luxuosos, meta de europeus, americanos e, ultimamente, de russos.

Bellagio ficou famosa não somente pela beleza da paisagem, dos monumentos e das ruelas antigas. O ponto forte são as suntuosas Villa Serbelloni e a Villa Melzi, entre outras.

A Villa Serbelloni, atualmente pertencente à família Rockefeller, foi construída no século XV. Hoje é um hotel de 5 estrelas, centro spa, beauty farm e um centro de convenções.

A Villa Melzi d’Eril é outro palacete histórico de Bellagio. Foi construída em 1808 como residência de verão da família Melzi d’Eril. Os maravilhosos jardins da Villa podem ser visitados.

lago de como-bellagio

Panorama de Bellagio – Lago de Como


Varenna

Foi um antigo vilarejo de pescadores fundado no século XI, localizado no ramo leste di lago. Na frente de Menaggio e Bellagio, hoje é uma cidadezinha super pitoresca, apreciada no mundo inteiro pela tranquilidade e pelo panorama do lago.

Em Varenna fica outra mansão muito famosa, a Villa Monastero. Foi construída no século XII e reformada várias vezes em estilo eclético.

Dica: quem passa por Varenna, muitas vezes continua a viagem até Saint Moritz nos Alpes Suíços. Confira aqui no blog como montar o seu roteiro.

Leia mais >> De Milão aos Alpes Suiços

lago de como-varenna

Varenna, pérola do Lago de Como


Como montar um roteiro no Lago de Como

De carro

Saída de Milão em direção de Como pelas Rodovias A8 e A9 com pagamento de pedágio. Depois da parada em Como, prosseguir para Cernobbio pela estrada litorânea chamada Strada Regina S.S. n. 340. E depois para Lenno, Tremezzo e Menaggio.

Para atravessar o lago até Bellagio com o car-ferry, a parada mais indicada é Cadenabbia, logo antes de Menaggio. O embarque do carro pode ser feito também em Menaggio, mas com poucas opções de horário.

Para fechar o roteiro, precisa atravessar até Varenna, no ramo leste do lago, saindo de Bellagio com o serviço de car-ferry.

Retorno a Milão passando por Lecco (Rodovia Strada Statale dello Spluga S.S. n. 36) sem pagamento de pedágio.

Confira os horários e os preços das passagens no site oficial da companhia de navegação no final do post.

De barco e trem

Saída de Milão até Como pelas estações Porta Garibaldi e Cadorna (com as companhias Trenord e TILO) ou pela estação Centrale (com a companhia Trenitalia).

Confira os horários e os preços das passagens no site oficial das companhias no final do post.

Chegada em Como e embarque no ancoradouro da cidade. A companhia de navegação do Lago de Como oferece várias opções de passeio e transporte:

  • passagem com validade para o dia inteiro em sub-setores do lago (o mais indicado é o setor “Centro Lago” que inclui Menaggio, Varenna, Bellagio, Cadenabbia, Tremezzo e Lenno);
  • excursão de barco (duração 1 h)  entre Como, Cernobbio, Moltrasio e Torno;
  • cruzeiro noturno com jantar e música ao vivo;
  • serviço rápido de travessia com pagamento de taxa extra;
  • transporte de carro com o serviço de car-ferry nos ancoradouros de Como, Varenna, Bellagio, Menaggio e Cadenabbia.
lago de como-menaggio

Ferry-boat em Menaggio no Lago de Como


De ônibus

Quem não aluga carro e não gosta de viajar de barco, pode tentar ônibus com saída da cidade de Como. A opção não é muito prática porque os horários são limitados.

Informações e links úteis

Companhia de navegação: site oficial em inglês http://www.navigazionelaghi.it/eng/index.asp

Rede ferroviária Trenitalia: site oficial em inglês http://www.trenitalia.com/tcom-en

Rede ferroviária Trenord: site oficial em inglês http://www.trenord.it/EN/

Rede ferroviária Tilo: site oficial em inglês http://www.tilo.ch/en/



Fotos:  Adelaide Pereira

30 respostas
  1. Andre Sant Ana
    Andre Sant Ana says:

    Estou programando o norte da italia com algumas cidades fronteiras da suica para o proximo julho, em torno de 7 dias alugando carro. Quaisdevem ser as cidades dormitoris ?

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Olá André,
      se você optar por bate-volta saindo da Itália, eu sugiro no máximo dois:
      1. Milão – St Moritz: mais ou menos 3 horas. Pode ser feito, mas é puxado. O melhor seria programar um pernoite nos arredores de St Moritz. É uma oportunidade para conhecer a região Engadina, uma das mais bonitas da Suíça, com seus lagos, montanhas e bosques.
      2. Como – Lugano (50 min) – Locarno (50 min): pernoite em Como e viagem pela região dos lagos de Como, de Lugano e Maggiore. Nesse caso seria bom um pernoite ao longo do trajeto para dar tempo de explorar as cidadezinhas que ficam nas margens dos lagos. Por exemplo Cernobbio, Lenno e Menaggio no lago de Como. Depois de Menaggio você pode prosseguir até Lugano.
      Outros roteiros ficam complicados com bate-volta.
      Uma alternativa é o trem: Bernina Express combinado com o Glacier Express. Passeio lindo principalmente se você viaja com crianças ou adolescentes.
      Se quiser mais informações, entre em contato.
      Abs,
      Adelaide

      Responder
  2. André Sant Ana
    André Sant Ana says:

    Oi Adelaide,
    Mudei um pouco os planos dessa viagem no verão em Milão. Ficou assim : 2 dias inteiros em Milão, 1 bate-volta ao lago Como e 1 bate-volta a Veneza.
    Dúvidas :

    1) em um bate-volta de Milão, dá para visitar Como, Bellagio e Varenna ? E como seria ? milão-Como de trem, como-Bellagio de navio . E Varenna ? E a volta a Milão ?

    3) para não voltar a Milão e no dia seguinte ir a Veneza, seria melhor partir de uma cidade perto do lago (deixando as malas no hotel em Milão) e partir de trem no dia seguinte à Veneza ?

    Vou comprar o Europass para de Milão seguir a Suíça ?
    André Sant ANA

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Olá André,
      obrigada por entrar em contato.
      1. ok bate-volta para o lago de Como.
      Milão-Como: trem
      Bellagio-Varenna: ferry-boat
      Varenna-Milão: trem
      Controle bem os horários do ferry-boat e dos trens. E saia cedo de Milão porque o dia vai ser puxado. 🙂
      2. Depois de Varenna é melhor voltar para Milão porque é mais prático e as possibilidades de trem para Veneza são maiores (Varenna -> Milão de trem = 1h. O bate-volta Milão-Veneza vai ser puxado como você sabe. Tem sair muito cedo de Milão e voltar tarde. Em julho os dias são longos e fica claro até 21 h.
      3. Que tipo de informação você quer sobre o Eurail Pass?
      Abs

      Responder
      • André Sant Ana
        André Sant Ana says:

        Oi Adelaide, leio e releio seus comentários e cada vez vejo um detalhe diferente (como um bom estudo).

        Vou fazer em julho MILAO (com lago como. E Veneza), Suiça (Berna,Interlake, Lucerna), Viena e Praga. Para isso vou comprar o Europass select d Countries para 4 países.vamos às Dúvidas :

        (1) Em virtude dos teleféricos que farei na Suíça, vale fazer o teleferico em Como ?

        (2) Viajarei com esposa e 2 filhos, Os gastos com trens (Milao-Como e Varenna-Milao) deve superar uns €150 ? Pois dai vale mais a pena adicionar mais um dia no Europass.

        (3) vale fazer Como, Bellagio e Varenna ? As atraçoes ficam perto das estações de trem ? Pois se for ter que fazer tudo corrido talvez valha mais fazer apenas duas cidades, quais escolheria ?

        Muito obrigado.
        A sua ajuda está valorizando muito nossa viagem

        Responder
        • Adelaide
          Adelaide says:

          Oí André,
          obrigada pelo contato. Vamos as suas dúvidas:

          1. A subida com o teleférico em Como vale “somente” pela vista. Lá em cima não tem nada de especial. Se você tem pouco tempo, visite a cidade de Como e as margens do lago e decida o que fazer quando acabar o roteiro. Não precisa reservar com antecedência.

          2. Acho que não entendi bem o preço que você indicou. Uma passagem de trem Milão-Como custa 5/6 euros por pessoa (se seus filhos forem menores de 12 anos, pagam a metade). Varenna-Milão custa mais ou menos a mesma coisa. Somando tudo não vai dar 150 euros. Talvez você tenha incluído o ferry-boat entre Como, Bellagio e Varenna?

          3. Como e Varenna tem estação de trem. Em Bellagio não. São cidades pequenas, tudo é perto. A melhor forma para ver se vai dar tempo é verificar o horário dos trens e do ferry-boat. Para visitar Como pode ser suficiente uma manhã. De Como até Bellagio, a viagem dura 2 horas ou 40 min dependendo do tipo de ferry. Bellagio e Varenna são cidades pequenas. Mas se você quiser visitar as Villas de Bellagio fica realmente muito corrido.

          Site oficial do ferry: http://www.navigazionelaghi.it/ita/c_illago.html

          Abs.

          Responder
  3. Marcelo Carneiro
    Marcelo Carneiro says:

    Oi Adelaide, estou indo a Itália em abril. Vou alugar um carro em Milão e pretendo dormir um dia no lago de Como.
    Pretendo sair de Milão a tarde e pernoitar em Como.
    Onde você sugere que me hóspede e os lugares que posso visitar durante o dia.

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Oí Marcelo,
      obrigada pelo contato.
      Depois do pernoite na cidade de Como, você tem o dia inteiro a disposição ou somente a manhã? Depois volta para Milão ou continua a viagem para outro lugar?
      Fico aguardando para poder responder melhor a sua pergunta
      Abs

      Responder
      • marcelo
        marcelo says:

        Obrigado Adelaide, vou chegar em Como a noite e pretendo ficar o dia seguinte inteiro , voltar pra Milão só a noite. Pra conhecer a região fico em Como mesmo ou seria melhor ficar perto de Bellagio?
        Aguardo sua resposta.

        Responder
        • Adelaide
          Adelaide says:

          Oí Marcelo,
          as cidades mais famosas do lago são: Como, Bellagio, Menaggio e Varenna.
          Têm várias opções de roteiro saindo de Como:

          – de carro dando a volta no lago inteiro, começando em Como, passando por Cernobbio, Menaggio, Lenno, e acabando em Varenna. Em Varenna pegue o ferry boat (com o carro) e vá para Bellagio (nos fins de semana não é fácil estacionar). Depois continue de carro até Milão.

          – somente de ferry-boat e sem carro: deixe o carro em Como e pegue o ferry até as cidades que quer conhecer e depois volte para Como.

          – conheça Como, depois vá de carro até Menaggio. Pegue o ferry sem carro e vá até Bellagio e Varenna. Volte para Menaggio e depois Milão. Ou ainda, pegue o ferry em Menaggio levando o carro, faça o tour e depois desça em Varenna e prossiga de carro para Milão.

          Se não quiser pegar ferry-boat, a opção é depois de Varenna, prosseguir para Lecco e enfim Milão.
          Controle os horários do ferry no site oficial da companhia usando o link que já postei em outro comentário. Nem todas as estações do lago oferecem transporte com carro. Com certeza Bellagio, Menaggio e Varenna. Controle as distâncias com Google Maps e veja o que combina mais com o seu tempo disponível.

          Se a viagem for no fim de semana eu evitaria muito deslocamento de carro e preferiria o ferry.
          A escolha entre Bellagio e Como para hospedagem depende do roteiro. Se você quer conhecer somente Bellagio-Menaggio-Varenna talvez seja melhor Bellagio. Na ida ou na volta você passa por Como.
          Abs.

          Responder
  4. Sandra Regina Parreira Ribeiro
    Sandra Regina Parreira Ribeiro says:

    Boa tarde Adelaide, estou indo sozinha para Roma em abril e já que vou visitar Milão gostaria muito de ir em Como. Pensei em sair cedo de Milão, trem até Como, hospedagem em Como mesmo, barco visitando as cidades na beira do lago e retorno a Milão no dia seguinte a tarde. O que vc acha? Obrigada, abraços

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Olá Sandra, obrigada pelo contato.
      ótimo roteiro. Uma ideia pode ser: ferry boat de Como até Bellagio. Depois prosseguir até Menaggio e Varenna, sempre de barco. Em Varenna pode pegar trem para voltar para Milão. Ou seja, não precisa voltar para Como.
      Confira os horários das conexões no site oficial da companhia de navegação. Por enquanto está valendo o horário invernal. Mais na frente vai sair o horário a partir de abril. Boa viagem!
      http://www.navigazionelaghi.it/eng/c_illago.html
      Abs.

      Responder
  5. Carlos Colucci
    Carlos Colucci says:

    Oi Adelaide, adorei seu blog, parabéns. Eu estou indo para Milão no começo de Junho e aluguei um carro no aeroporto, tenho 4 dias para chegar em Zurique. Lendo suas sugestões gostaria de algumas opiniões, Ok?

    1. Pela suas sugestões anteriores pretendo ficar 2 noites/dias no lago de Como, tem alguma sugestão de hotel? Como, lecco ou Menaggio?

    2. Depois pretendo seguir viagem, alguma sugestão de parada em direção à Zurique?

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Oí Carlos,
      fico feliz que tenha gostado do blog! 🙂

      1. Morando em Milão eu nunca precisei ficar hospedada em Como e arredores. Portanto não tenho como recomendar um bom hotel para você. Posso dar indicações de cidades legais. Por exemplo, Como, Cernobbio, Bellagio e Menaggio. Se ficar em Menaggio, depois prossiga diretamente para Lugano para entrar na Suíça.
      A hospedagem em Bellagio e Cernobbio é mais cara.
      Excluiria Lecco porque além de ficar fora do seu roteiro não é bonita como a cidade de Como.

      2. Para ir até Zurique você tem duas opções (depois de Bellinzona).
      a) passando pelo Splugen Pass, pela cidade de Chur e pelo lago de Walensee: estrada panorâmica porém mais lenta e sinuosa
      b) passando pelos lagos Vierwaldstättersee (praticamente o lago de Lucerna), Zugersee, entre outros: panorama menos abrangente porém estrada mais rápida. SE escolher esse itinerário não deixe de parar em Lucerna.

      Os dois itinerários passam por Lugano e perto de Locarno, na Suíça italiana. Valem um tour rápido. Mas se tiver pouco tempo, escolha Lucerna.

      Boa viagem!

      Responder
  6. Camila Herrera
    Camila Herrera says:

    Oi Adelaide!!
    Seu blog está me ajudando muito. Foi uma coincidência enorme. Estavamos pensando em fazer um tour somente pela Italia, que já conhecemos um pouco, conhecendo os arredores de Milão, mas seus posts abriram um novo horizonte para Suiça.
    Chegamos em Milao dia 19/09, passamos dois dias em Milão, e partimos do dia 21 ao 30 para Suiça. De alguma cidade da Suiça pegamos o aviao para Madrid.
    Vamos meu marido, eu e duas crianças pequenas (2 e 3 anos).
    Qual a sugestão de roteiro? um que seja proveitoso e sem estourar o orçamento?
    Obrigada por suas dicas! São muito valiosas!

    Responder
      • Camila
        Camila says:

        Oi Adelaide!! Obrigada pela resposta.

        A primeira possibilidade que estamos pensando é em subir pelo lago do Como e depois fazer um roteiro até Lucerna.

        Vi seu artigo sobre St Moritz. Gostei bastante. Acho que ficaria mais viavel em trem com as crianças? Ou carro? O valor para deixar em outro país é bem superior.

        A outra possibilidade seria fazer a Riviera Italiana.

        Qual a sua opinião? A minha única duvida seria de ser agradável para as crianças. Teremos dez dias inteiros para fazer qualquer desses percursos.

        Responder
        • Adelaide
          Adelaide says:

          Olá Camila,
          10 dias são suficientes para fazer qualquer roteiro.
          Por exemplo, um roteiro muito legal seria

          1. Milão-Como de trem
          2. Como-Bellagio-Menaggio-Varenna de ferryboat atravessando o lago
          3. Varenna-Tirano: de trem
          4. Tirano-Saint Moritz com o trem panorâmico Bernina Express
          5. Saint Moritz – Chur de trem
          6. Chur – Zermatt com o trem panorâmico Glacier Express.
          É uma viagem maravilhosa, super prática, porque você não esquenta a cabeça com o carro. O problema desse itinerário é que suas crianças são pequenas ainda e talvez você esteja viajando com muita bagagem.

          Se preferir o carro, você poderia fazer Milão-Como-Bellagio-Menaggio-Lugano-Interlaken-Lucerna-Saint Moritz-Milão. Verifique tudo no Google Maps para entender o roteiro e ver o tempo de viagem.

          A Riviera Italiana também é muito bonita. Por exemplo o trecho La Spezia – Portofino, incluindo as maravilhosas Cinque Terre. Você poderia fazer um bom trecho de barco e parar em Gênova para ver o “Acquario” com seus filhos.
          Abs

          Responder
  7. Frederico MISSOM
    Frederico MISSOM says:

    Oi Adelaide , estarei em Como por 3 dias em Setembro e tenho mais 7 dias de viagem gostaria de sugestão de roteiro para conhecer esta região da Itália ou demais regiões próximas tenho interesse de alugar um automóvel, muito obrigado Frederico

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Oí Frederico,
      as opções são muitas. Três dias em Como são suficientes para conhecer a cidade e dar um pulinho em Cernobbio (de carro) e Bellagio e Varenna (de ferry).
      Nos 7 dias restantes, tudo depende do seu interesse. Pode continuar até a Suíça, por exemplo. Duas dicas de itinerários:
      a) Como-Lugano-Lucerna-Interlaken
      b) Como-Menaggio-Chiavenna-Saint Moritz
      Mas se você não conhece a Itália ainda, a melhor opção é Florença + Veneza (de trem).
      Abs.

      Responder
  8. Vanessa
    Vanessa says:

    Adelaide,
    Adorei seu post . Vou à Milão em 8 de outubro e teremos disponível 14 dias. Nosso voo será entrada e saída por Milão. Qual roteiro vc sugere? Pensei em fazer 3 dias em Milão ( é suficiente ?) , 2 região de Como, 3 dias região da Ligúria e o restante fazer a costa amalfitana. Vc acha que pela distância e por ser outono vale a pena? Tem outro roteiro que vc acha melhor ? Já conhecemos Veneza,Roma,Verona, Firenze e arredores . Queremos fazer uma viagem diferente e romântica, já que só vou eu e o meu marido. Esses trajetos todos que vc sugerir fazemos de carro, trem, avião, ferry?

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Olá Vanessa,
      fico feliz que tenha gostado do post.
      Vamos lá com o seu roteiro. Outubro é um mês legal. As cores e os sabores do outono são uma atração turística: vinho, cogumelos, abóbora, castanhas…Dias mais frescos mas não frios. Você vai gostar. O roteiro não está cansativo. Eu faria dois dias em Milão no início e um dia no final da viagem, depois da volta da Costiera Amalfitana.

      1. Milão: 3 dias são suficientes (no blog tem vários posts sobre a cidade; não deixe de visitar por exemplo o bairro dos canais)
      link: http://www.turistaimperfeito.com/roteiro-em-milao-os-canais-do-bairro-navigli/

      2. Lago de Como: em 2 dias pode até fazer o roteiro sem alugar carro. Milão-Como de trem, Como-Bellagio-Menaggio-Varenna de ferry, e Varenna-Milão de trem.

      3. Na Liguria eu aconselho Cinque Terre. Em 3 dias vai fazer tudo com calma e vai dar tempo de ir até Portofino e Santa Margherita Ligure. Confira aqui no blog como chegar até lá: http://www.turistaimperfeito.com/como-visitar-portofino/

      4. ok Costiera Amalfitana. Ótima escolha. Outubro não é alta estação mas de qualquer forma viajar de carro na região requer um certo planejamento por causa dos estacionamentos. Tudo depende das paradas que você vai fazer. Já pensou em alugar um scooter, tipo lambreta? Se não estiver chovendo é uma delícia. Você passeia sem ter que se preocupar com o horário dos transportes públicos e com estacionamento. Mas tem que ter uma certa prática :).
      As alternativas são ônibus ou ferry da linha Sorrento-Positano-Amalfi.
      Abs

      Responder
      • VANESSA
        VANESSA says:

        Adelaide,
        Muito obrigado pelas dicas. Vou ler no blog e anotar no meu roteiro.
        Para sair de Milao para a costa amalfi vc aconselha fazer de avião ou de trem? Qtas horas dura a viagem? A rota é Milao -Nápoles?

        Responder
        • Adelaide
          Adelaide says:

          Oí Vanessa,
          Sim, o trem rápido chega até Nápoles. Depois tem que trocar.
          A escolha vai depender principalmente do preço e da praticidade. Se você comprar a passagem de trem bem antes (mais de um mês antes) você acha Milão-Nápoles até por 50 euros por pessoa. A viagem dura 4 horas e meia.
          Se for de avião, não esqueça que saindo de Malpensa ou Bérgamo tem que adicionar 1 hora para chegar nos aeroportos e o preço da passagem de trem ou ônibus para chegar até lá. Ou táxi se estiver com muita bagagem. Táxi até os aeroportos é caríssimo. Melhor viagem com pouca bagagem… 🙂
          Abs

          Responder
  9. André Sant Ana
    André Sant Ana says:

    Oi Adelaide, Europe aqui de novo. Vamos a duvida : è loucura Fazer Milao-Varenna de trem, Varenna-Bellagio-Varennna de ferry e retornar de trem a Milao SEM conhecer COMO ? Para Nao “perder” tempo (2h) no trajeto Como-Varenna de barco ? O just do lago Como é a cidade Como ! Não gostaria de fazer muito corrido Como-Varenna-Bellagio, dispenso Como ? Ou Varenna/Bellagio ? Ou faço todas ? Viajo no verão. Quanto custa em média o barco rápido ???

    Depois irei a Interlaken, Berna e Lucerna, dai o passeio de barco e a subida no teleférico em como, perde o sentido ? Por já fazer na Suíça ?

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Oí André,
      as férias estão chegando hein?! Falta pouco. 🙂
      Você poderia fazer Varenna-Bellagio-Como, sem voltar para Varenna. Bellagio-Como com o ferry rápido demora 50 min.
      Trajeto de trem Como-Milão demora 1 hora.
      O must-see do lago de Como é Bellagio. Apesar de turística, a cidadezinha fica numa posição muito bonita que abrange boa parte parte do lago. Paisagem linda.
      A cidade de Como fica na parte inferior do lago. É visitada principalmente pelo valor do centro histórico. Claro que sendo na beira do lago, a paisagem é legal também.
      Eu acho que para decidir o que ver ou não, precisa fazer uma simulação dos horários de trem e ferry boat. Se as conexões estiverem complicadas para o seu roteiro e tempo disponível, tire a cidade que fica menos prática. Mas NÃO tire Bellagio. Bellagio tem que ser visitada na minha opinião.
      Para não ficar apertado renuncie ao teleférico de Como.
      Exemplo de preço Bellagio-Como: adulto 10,40 euros, criança 4-11 anos 5,20 euros. Serviço rápido 4,40 euros a mais por pessoa.
      Verifique os horários e outros preços no site oficial: http://www.navigazionelaghi.it/eng/c_orari.asp
      Abs e boa viagem!

      Responder
  10. Isabel Antunes
    Isabel Antunes says:

    Olá Adelaide.
    Vou para Milão em Agosto (22) e está nos meus planos ir de carro até ao Lago Como, somos 4 pessoas. Acha suficiente pernoitar só uma noite?. Eu queria conhecer a maior parte das aldeiazinhas, e gostava de ir a Lugano. Poderá me dar algumas dicas?
    Muito Obrigada e parabéns pelo seu blog

    Responder
    • Adelaide
      Adelaide says:

      Olá Isabel,
      depende do número de cidades que você quer conhecer.
      Uma ideia poderia ser visitar a cidade de Como e pernoitar. No dia seguinte visitar Bellagio e Menaggio (atravessando o lago de ferry-boat) e continuar a viagem até Lugano.
      Mas se quiser incluir Varenna, Cernobbio, Lenno, etc, tem que colocar outro pernoite.
      Abs.

      Responder
        • Adelaide
          Adelaide says:

          Oí Isabel,

          acho melhor. Nesse caso, depois de Como, faça o tour completo de ferry-boat: Bellagio-Varenna-Menaggio. Pode embarcar o carro, mas cuidado com o estacionamento em Bellagio.

          Talvez seja melhor seguir até Menaggio de carro, parando em Cernobbio e Lenno (visite a Villa Balbianello), deixar o carro estacionado em Menaggio ou Cadenabbia, e fazer o tour Bellagio-Varenna-Menaggio sem carro. Depois siga para Lugano. São mais ou menos uns 40 min.
          Abs

          Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *