Um dia na cidade de Como


Por incrível que pareça muita gente passa por Milão e nem pensa em visitar o Lago de Como, uma das regiões mais bonitas no norte da Itália. Nem mesmo uma escapadinha de um dia na cidade de Como, um bate-e-volta bem pertinho, a uma hora de trem (ou carro) de Milão.

Uma pena, porque a cidade de Como é um bom começo para um roteiro redondinho de alguns dias ou simplesmente pode ser o passeio ideal para quem não tem tempo de esticar até Bellagio, Menaggio ou Varenna, o trio glamour e badalado do lago.

Cidade de Como: sedas e requinte discreto

A cidade de Como, a 50 km de Milão, fica às margens de Lago de Como (em italiano Lago di Como ou Lario), o terceiro maior lago da Itália e um dos maiores da Europa.

Na Antiguidade foi dominada pelos romanos e, em seguida, foi um importante centro medieval, aleado de Frederico Barbarossa, no conflito contra Milão e outras cidades do norte da Itália, como Génova e Veneza.

Desde tempos remotos a cidade foi um importante pólo têxtil graças à produção de tecidos, principalmente seda. Até poucos anos atrás Como ainda era um centro de tecelagem de seda conhecido no mundo inteiro, sede de importantes indústrias nacionais e internacionais. Recentemente o setor vem sentindo o impacto da “invasão” dos tecidos chineses. A vida é assim… 🙁

Mas Como perdeu o trono mas não o charme. A crise não cancelou o legado de requinte deixado pelas famílias nobres que moraram na cidade desde a Idade Média. É uma cidade elegante, discreta, sem espalhafates modernos.

Mais uma daquelas cidades italianas de médio porte com uma altíssima qualidade de vida e um centro histórico rico de atrativos. Vamos lá conhecê-la.

Cidade de Como

Puro charme nas ruelas tranquilas de Como


Como chegar na cidade de Como

Muitos leitores perguntam se ficar um dia na cidade de Como é muito. Digamos que um dia é ideal para quem gosta de passear sem correria mas não tem tempo de esticar o roteiro e dar um pulinho em Bellagio ou em qualquer outra cidade ribeirinha.

Como é um bate-e-volta super prático para quem está em Milão porque a cidade é muito bem servida em termos de transporte ferroviário e rodoviário.

De trem

Como tem duas estações de trem:

  • Como Nord Lago utilizada pela companhia local Trenord;
  • Como San Giovanni utilizada pela italiana Trenitalia e pelas linhas suíças TiLo (Milão-Como-Bellinzona) e Eurocity (Milão-Como-Zurique).

Os trens saem das estações de Milano Centrale (chegada a Como San Giovanni), Milano Porta Garibaldi (chegada a Como San Giovanni) e Milano Cadorna (chegada a Como Nord Lago).

Confira os horários e os preços das passagens no site oficial das companhias no final do post.

De carro

Para quem ama o estilo on the road (mas sinceramente é melhor ir de trem), as opções mais rápidas são as Rodovias A8 e A9 com pagamento de pedágio.

Passeios de ferry boat

A companhia de navegação do Lago de Como oferece várias opções de passeio e transporte, com chegada e saída do ancoradouro de Como.

Leia mais sobre as opções de passeio aqui no blog >> Roteiro no Lago de Como.

Brunate

Panorama da cidade de Brunate, ao lado de Como


Ancoradouro em Como

Ancoradouro em Como


Como organizar um dia na cidade de Como

A centro histórico de Como é relativamente pequeno e pode ser visitado em poucas horas, mas você não pode deixar de visitar:

  • Catedral (Duomo): em estilo gótico, foi construída em 1396; uma das catedrais mais bonitas da Itália;
  • Palazzo del Broletto: fica ao lado da catedral. Construído em 1215 e modificado durante a Renascença;
  • Templo Voltiano: uma homenagem à Alessandro Volta, físico italiano, nascido em Como, inventor da primeira bateria elétrica.
  • Villa Olmo: um dos palacetes mais bonitos da Itália, em estilo neoclássico. Construída em 1797.

Depois das paradas obrigatórias, o melhor é passear na beira do lago e nas entranhas da cidade para curtir aquele mood especial e acolhedor das cidades interioranas da Itália.

Passe pelo Lungo Lago Trento e Lungo Lario Trieste, pelo ancoradouro e pelas praças. Uma mais bonita do que a outra: Piazza del Duomo, Piazza Alessandro Volta, Piazza San Fedele e Piazza Cavour na beira do lago.

Nas praças têm vários bares e restaurantes agradáveis com mesinhas nas calçadas durante a primavera e o verão.

Saindo das praças, siga pelas ruelas laterais, repletas de palacetes antigos, lojas e bares super legais. Passe pelas Via Armando Diaz, Via Carcano, Piazza Mazzini, Via Olginati e Via Alessandro Volta até chegar às muralhas medievais que antigamente protegiam Como.

Para os adeptos das comprinhas, as opções são Via Vittorio Emanuele, pertinho da catedral, Via Indipendenza, Via Cinque Giornate e Via Boldoni.

Se o dia estiver bonito não perca o passeio no teleférico “Como-Brunate” que sai da Piazza De Gasperi e chega até Brunate a 1.084 m. Uma vista maravilhosa do lago e da cidade de Como.

Catedral de Como

A belíssima fachada da Catedral de Como


Palazzo del Broletto

Piazza Duomo e Palazzo del Broletto


um dia na cidade de Como

Uma esquina super charmosa – Via Muralto


Muralhas medievais em Como

Muralhas medievais em Como


Informações úteis

Companhia de navegação: site oficial em inglês http://www.navigazionelaghi.it/eng/index.asp

Rede ferroviária Trenitalia: site oficial em inglês http://www.trenitalia.com/tcom-en

Rede ferroviária Trenord: site oficial em inglês http://www.trenord.it/EN/

Rede ferroviária Tilo: site oficial em inglês http://www.tilo.ch/en/


Guarde no Pinterest para ler depois

Cidade de Como

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *