Um dia em Roussillon: a Provença em tons de ocre


Uma visita de um dia em Roussillon para descobrir que nem só de lavanda e cores bucólicas vive a Provença. Lá, nesse pequeno vilarejo no coração do Parque Natural Regional do Luberon, dominam os tons de ocre das fachadas e das falésias. Cores marcantes e inusitadas que lembram as paisagens de certos parques americanos do Arizona e do Colorado.

A primeira sensação é a surpresa… principalmente se você acabou de visitar os campos floridos de lavanda que ficam a poucos quilômetros de Roussillon. Sim, porque no vilarejo, os tons pastéis típicos da Provença foram substituídos pelas cores da terra, vermelho-ocre e alaranjado.

A explicação é simples: Roussillon fica nos arredores de antigas jazidas de minerais terrosos, principalmente hematita e limonita, usados como pigmentos naturais desde a era pré-histórica.

um dia em Roussillon

As fachadas vermelho-ocre de Roussillon


Sobre Roussillon

Localizada a 10 km de Gordes e 65 km de Aix-en-Provence, Roussillon é aquela cidadezinha avermelhada mundialmente famosa, debruçada nas doces colinas da Provença, dentro do Parque Natural Regional do Luberon, uma reserva da biosfera da UNESCO.

A visita em Roussillon combina perfeitamente com a Rota da Lavanda e com um roteiro em Avignon e Aix-en-Provence.

Apesar de muito antigo e fundado durante a dominação gálica-romana, Roussillon se desenvolveu muito mais tarde, no século XVIII, com a extração de ocre nos enormes depósitos ao lado da cidade. A atividade foi encerrada em meados do século XX.

Hoje Roussillon faz parte da Associação Les Plus Beaux Villages de France e vive praticamente de turismo.

Leia mais no blog | Fora do radar na Provença: Lourmarin e Bonnieux

Visita de um dia em Roussillon

Roussillon é uma cidade pequena, com aprox. 1300 habitantes, e pode ser visitada com calma em algumas horas.

Apesar de muito turístico, o centro é bem pitoresco, repleto de bistrôs e lojinhas de cerâmicas e produtos típicos. Um passeio descompromissado começa pelo Beffroi, a antiga porta romana, e passa pelas pracinhas Place de l’Abbé Avon, Place de la Mairie, até a Place de la Forge onde ficam a igreja de Saint-Michel e o mirante da cidade.

A atração mais importante da cidade é o Sentier des Ocres, o itinerário que atravessa o antigo local de extração do pigmento  ocre. O trajeto passa pelo Chaussée des Géants, o passeio dos gigantes, e pelas falésias avermelhadas que lembram as paisagens selvagens da Austrália e dos cânions americanos.

O itinerário há duas opções:

  • curto | 30 minutos
  • completo | 60 minutos

O trajeto é relativamente simples e pode ser feito por crianças.  Evite sapatos de cores claras porque o terreno é avermelhado e suja muito.

Preço | 3,00 euros por pessoa.

Horário | consulte o site oficial Sentier des Ocres

A estação de trem mais próxima é a Cavaillon, a 25 km.


Roussillon

O centro de Roussillon


Roussillon

A vista de Roussillon


Sentier des Ocres

A paisagem do Sentier des Ocres



Guarde no Pinterest para ler depois

Roussillon

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.