Como viajar só com bagagem de mão


Na era dos voos low cost e companhias aéreas espertalhonas, uma das nossas maiores preocupações na hora de comprar a passagem é como viajar só com bagagem de mão e evitar a cobrança do despacho da mala, uma taxa antipática, traidora, além de cara.

Mas viajar leve é bom, não só por causa da economia. Eu adoro viajar leve, com pouca bagagem, o mínimo possível. Principalmente porque, apesar de adorar viajar, eu detesto desfazer as malas na volta. Detesto mesmo. Viajar leve é a minha meta em qualquer viagem que faço hoje em dia. Meu recorde é três semanas on the road nos Estados Unidos com uma bagagem de mão e uma bolsa a tiracolo. Mas tenho certeza que posso bater facilmente esse recorde. Como? É só questão de exercício e prática.

Parece difícil mas nem é tanto. Só um pouquinho. Na hora H muita gente nem tenta e termina abrindo a carteira com medo de levar pouca roupa e passar aperto, frio (ou vexame). E arrasta duas malas durante toda a viagem.

Viajar leve não quer dizer passar aperto. Fica tranquila, não vai faltar nada. Você leu bem, eu escrevi “tranquila” e não tranquil@, substantivo neutro. Sim, esse artigo é para nós mulheres, visto que os homens – teoricamente – não ligam para bagagem.

Começando pelo começo… afinal porque viajar só com uma bagagem de mão? Como falei, não é só uma questão de dinheiro mas – principalmente – de praticidade. Imagine uma viagem de 15 dias na Europa, de trem ou avião, carregando duas malas pesadas. Você vai detestar, vai por mim.

Imagina então quando você viaja sozinha, sem amiga, amigo ou maridão… kkk… e tem que chamar um carregador para tirar as suas malas do trem. Melhor evitar.

Sem falar que com bagagem de mão não precisa ficar na fila de check in para despachar mala… ou esperar por ela depois do desembarque. E o risco de extravio? Zero!

A questão da economia só começa realmente a valer quando você faz as contas dos gastos com transfer do aeroporto até o hotel (na Europa, calcule 100 euros de táxi para ida e volta, no mínimo, porque geralmente os aeroportos ficam longe do centro). Multiplique por duas ou três vezes durante o seu périplo europeu… e o dinheiro teria dado para conhecer outra capital ou ter ficado em hotéis mais estrelados.

Convencida? Então vamos lá… sem esquecer que para ser bem sucedida, o truque é aplicar todas as regras e não uma ou outra.

Como viajar só com bagagem de mão

1. Pratique desapego

Sem dúvidas é a regra mais importante para conseguir viajar só com bagagem de mão. Se você não consegue nem renunciar ao seu esmalte preferido e “tem que” levar na mala aquele Risqué vermelho de estimação porque em nenhum lugar do mundo existe uma tonalidade parecida com a sua… Pare! Respire fundo e continue lendo! Quem sabe você tenha salvação…

Na maioria das vezes, quase tudo que levamos na mala é supérfluo. Essa é a pura verdade. Maior é a mala, maior é o descarte. A não ser que você esteja planejando 15 dias de eventos black tie em Paris.

como viajar só com bagagem de mão

Coloque na mala somente o indispensável.


2. Escolha uma mala funcional e leve

Por falar em malas, o segundo passo é a escolha de uma boa mala. Eu ainda não encontrei a minha mala ideal, na verdade. Sempre acho um defeito depois que compro. :(

Controle antes as dimensões permitidas a bordo pelas várias companhias aéreas e depois escolha uma mala leve, resistente, fácil de carregar e com muito espaço interno livre.

Leias mais no blog | Regras para bagagem de mão da Ryanair

Ah! não esqueça de enrolar todas as peças antes de colocá-las na mala.

3. Escolha cores que combinam com tudo… ou quase

Voltando ao conteúdo da mala. O problema das cores é um dos mais complicados. A única saída e montar o outfit do dia a dia com antecedência. Não é tarefa para principiantes kkk… Até porque precisa diferenciar em função da estação do ano e do tipo de viagem (praia, trabalho, trekking…)

O inverno é a pior hipótese. Mas tem solução: use e abuse do preto, marrom, bordeaux, verde escuro e azul marinho. São cores que combinam com qualquer ocasião e com quase tudo. Prefira roupas térmicas porque ocupam pouco espaço e são fáceis de lavar.

No verão, escolha tons neutros e pouca estampa. Branco só se for camiseta que dá pra lavar com facilidade porque suja muito.

Em geral, evite roupas que não combinam com nada do que você está colocando na mala. Sabe aquela calça estampada que você adora? Deixa-a em casa descansando.

4. Use e abuse de maquiagem e acessórios

Repetir roupas durante a viagem não é pecado. Mas troque o cinto, coloque um colar, troque o penteado e capriche na maquiagem. Ninguém vai notar que você está com o mesmo casaco de dois dias atrás… kkk

Colares, brincos e pulseiras ocupam pouco espaço na mala e mudam completamente o look do dia.

5. Escolha roupas e sapatos práticos

Prático quer dizer: não amassa, é fácil de lavar, enxuga rápido e ocupa pouco espaço na mala. Nada de blazer, roupas de seda, cachecóis imensos, chapéu, roupas de couro, etc…

Se precisar de uma roupa elegante ou formal escolha um vestido ou uma calça preta que não amasse.

E os sapatos? A melhor regra é: o sapato mais volumoso embarca no pé. Na mala vai a chinelinha para o banheiro e um sapato mais elegante – que combina com tudo – para sair à noite.

6. Lave a roupa nas lavanderias

Nas cidades grandes você vai achar com facilidade uma lavanderia para lavar suas roupas durante a sua viagem. Nem hesite.

Roupas íntimas e camisetas leves que enxugam rápido podem ser lavadas no hotel mesmo. No inverno coloque as peças perto do aquecedor e no dia seguinte vai estar tudo enxuto.

7. Leve algumas peças de roupa velha

Pode ser uma boa ocasião para eliminar roupas que chegaram ao fim da linha. Vale principalmente para pijamas, roupa íntima, meias, camisetas, etc. Você pode optar por jogar fora ou simplesmente deixar no hotel. Melhor ainda, quando a roupa estiver em bom estado, é doar para os mais necessitados. Em certos países é comum encontrar pontos de coletas para roupas usadas perto de supermercados.

8. Na dúvida, não coloque mala

Um exemplo clássico é viagem durante a meia estação em países frios.  Teoricamente o clima é ameno mas e se chegar aquela frente fria que congela até pensamento??  Não perca o charme!

Hoje em dia em qualquer cidade de meio porte há lojas de vestiário low cost, até mesmo na Europa, onde você vai encontrar meias pesadas por 3/4 euros e casacos por 15 euros. E bem mais barato do que no Brasil.

Na volta, coloque o casaco nas costas na hora de embarcar. Resolvido!

9. Não leve objetos inúteis

Não tenha dúvidas: você não vai precisar de 10 potes de shampoo, condicionador e creme, cada um de 500 ml, durante a sua semana em Paris. Leve só o necessário para a estadia. Geralmente os potes de 100 ml para viagem são suficientes e podem ser embarcados na bagagem de mão.

Caso a viagem seja mais longa do que 15 dias, compre os produtos no destino. Um shampoo para o dia a dia custa 3 / 4 euros.

Deixe em casa a toalha, o secador, o chapéu de sol, a esteira, a carteira GG, as cinco escovas de cabelo que você normalmente costuma usar…

E a papelada que você juntou nos últimos dois meses? Deixe em casa…kkk. Use e abuse do seu celular, do tablet e do seu arquivo na nuvem para guardar mapas, reservas, documentos bancários, etc. Salve uma cópia offline dos documentos mais importantes.

Se precisar imprimir, use a impressora do hotel ou pare em uma papelaria. No fim da viagem, jogue tudo fora.

Na mão, leve somente um pequeno guia de papel (caso seu celular fique sem bateria), seus documentos pessoais e cartões de crédito.

10. Use cada centímetro da bolsa de mão

É o objeto que você vai mais usar na viagem. Tem que ser muito bem escolhido:

  • grande mas dentro dos padrões permitidos pelas companhias aéreas;
  • cor neutra que combine com suas roupas e sapatos;
  • leve;
  • prática na cidade e nos passeios.

Coloque na bolsa de mão os itens mais frágeis e importantes, a maquiagem, um livrinho e tudo o que precisa durante o voo.

E para sair à noite? Escolha uma pochete pequena, ou uma bolsa de mão tipo envelope.

Bônus | leve uma bolsa ou sacola “dobrável” dentro da mala para embarcar aquelas “comprinhas” extras que não couberam na mala kkk

Prontas para a próxima viagem? E que seja seja leve!


Guarde no Pinterest para ler depois

Bagagem de mão

3 respostas
  1. Ligia says:

    Vou passar 18 dias em Paris, a partir do dia 12 de abril, primavera. Já estava com a ideia de levar apenas mala de mão, não só pela praticidade, mas para me poupar de aborrecimentos, frustrações (quando a mala não surge na esteira, fato do qual já fui vítima por duas vezes) e esperas intermináveis. A experiência me ensinou que metade (no mínimo!) do que se leva na mala é dispensável. Você me convenceu a embarcar livre, leve e solta. E sem surpresas desagradáveis.
    Obrigada

  2. Adelaide says:

    Olá Lígia,
    há anos viajo assim. Felicidade em pessoa quando desembarco e vou diretamente para a saída pegar o metrô ou o táxi! kkk
    E quando viajo de trem? Adoro não puxar mala enorme nos corredores!
    Muitas vezes constatei que realmente metade ou mais do que levava na mala não era necessário. Às vezes algumas roupas voltavam para casa sem sequer serem usadas ou usadas uma vez só. Conclusão? Supérfluas.
    Eu escolho com cuidado o que vou usar, principalmente o que vou usar para sair à noite. Durante o dia ninguém olha pra você, na verdade.
    Para uma semana levo 4 ou 5 partes de cima (casacos) e duas calças, uma já vestida. Mas quando fico mais do que isso não aumento muito a quantidade. Lavo na lavanderia. Ou alugo mini apartamento com máquina de lavar.
    Uso e abuso do preto e, na primavera, do azul marinho, considerada a cor mais chique para essa época do ano. Combina com tudo. E jogo com colares e uma boa maquiagem. Descobri que maquiagem é como uma roupa nova!
    Na loja Uniqlo em Paris você vai achar os famosos casacos ultra leves de todas as cores por um preço ótimo. Quando você dobra e coloca no saquinho, cabe na palma da mão. É o que mais uso na meia estação.
    Bom passeio!

  3. Ligia says:

    Conheço a Uniqlo. Tenho várias peças de roupa de lá. Qualidade e bom preço. Obrigada pelas dicas. Beijo.

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.